Motores FPT STAGE V estabelecem novo padrão de emissões na SIMA 2019

SIMA 2019

Motores FPT STAGE V estabelecem novo padrão de emissões na SIMA 2019

Motores agrícolas FPT F34, F36 e N67 compatíveis com a nova regulamentação na Europa
Por:
157 acessos

Marca da CNH Industrial levou ao Paris International Agribusiness Show (SIMA) os motores agrícolas FPT F34, F36 e N67 compatíveis com a nova regulamentação na Europa

PowerPack reúne os principais componentes de pós-tratamento em um conjunto compacto, que pode vir montado no motor ou em pacote à parte

Referência em serviços, com 10 plantas e 7 centros de Pesquisa & Desenvolvimento em todo o mundo, a FPT Industrial, marca de motores, eixos, transmissões e geradores de energia da CNH Industrial, tem uma linha completa de motores compatíveis com a nova regulamentação Stage V, em vigor na Europa para motores agrícolas de até 56 kW e acima de 130 kW. A exclusiva tecnologia de emissões estabelece um novo padrão de sustentabilidade e de baixa manutenção.

Recentemente, a FPT Industrial se uniu à parceira Bimotor SpA – distribuidora de motores a diesel para aplicações industriais, marítimas e de geração de energia para o mercado francês – para demonstrar os novos motores aptos à regulamentação durante a Paris International Agribusiness Show (SIMA 2019), na França. 40% das colheitas do mundo são movidas por colheitadeiras equipadas com motores FPT, o que dá uma dimensão da marca, pioneira na tecnologia Common Rail de injeção em motores diesel.

F36 Stage V – O poder da densidade

Um desses motores é o F36 Stage V, um potente e compacto quatro cilindros em linha ideal para qualquer necessidade agrícola, mas especialmente adequado para aplicações em que o espaço é uma preocupação. O que inclui tratores de médio porte, minicarregadeiras, empilhadeiras e outros veículos que necessitam de capacidade máxima de manobra ocupando pouco espaço. O motor de 3,6 litros gera potência de 105 kW (143 hp) e torque de até 600 Nm e graças ao pacote de pós-tratamento HI-eSCR2 da FPT Industrial, apresenta baixo nível de emissões associado a um dos mais longos intervalos de manutenção de sua classe: 600 horas. Esse nível de densidade de potência pode ser alcançado devido ao redesenho radical do motor de 3,4 litros da geração anterior. Com novos turbocompressor e pistões, a potência e o torque aumentaram em 14% e 20%, respectivamente, sem alterar as dimensões externas do motor.

N67 Stage V PowerPack – Produtivo e flexível

A FPT Industrial e a Bimotor Spa apresentam o N67 Stage V, um exemplo de motor de baixas emissões e manutenção. Integrante da família de motores NEF, com mais de 1,7 milhão de unidades comercializadas, o N67 de seis cilindros foi redesenhado para o máximo desempenho, também sem aumento de tamanho. O motor de 6,7 litros gera até 260 kW (354 hp) e torque de 1.420 Nm, é 13% mais potente que seu antecessor e graças à tecnologia HI-eSCR2, seu intervalo de manutenção e serviços é 1.200 horas, duas vezes maior do que as versões anteriores Stage IV.

F34 Stage V PowerPack – Resposta rápida para máquinas até 56 kW

De maneira semelhante, o motor F34 de 3,4 litros oferece potência de 55 kW (74 hp) e torque de até 424 Nm. Um turbocompressor eletrônico fornece resposta rápida sob qualquer carga. Os requisitos do Stage V são atendidos por um sistema de pós-tratamento que combina um Catalisador de Oxidação a Diesel (Diesel Oxidation Catalyst) e um Filtro de Partículas Diesel (Diesel Particulate Filter).

PowerPack – Inteligente, confiável e pronto para uso

Para simplificar a atualização dos motores para o Stage V, a FPT Industrial oferece uma solução de instalação inteligente, o PowerPack, disponível nos motores F34 e N67 exibidos na SIMA. Nessa solução, todos os principais componentes de pós-tratamento, como o DOC, Redução Catalítica Seletiva (Selective Catalytic Reduction), injeção de AdBlue, sensores e coletores, são instalados em um conjunto compacto e pré-montado.

Para oferecer maior flexibilidade de instalação, o PowerPack pode vir montado no motor como uma solução pronta para uso ou como um pacote à parte. Em cada caso, todos os conjuntos elétricos e conexões são gerenciados por um único cabo, para permitir uma conexão rápida e confiável do motor ao sistema de gerenciamento e acessórios da máquina.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink