Novartis Saúde Animal exibe “carrapatário” na Expointer

Agronegócio

Novartis Saúde Animal exibe “carrapatário” na Expointer

Solução desenvolvida pela empresa atua também nas pastagens, onde estão 95% das infestações
Por: -Janice
342 acessos

A Novartis Saúde Animal, exibirá durante a 32ª edição da Expointer, em Esteio (RS), de 29 de agosto a 6 de setembro, um “carrapatário” para ilustrar como acontece o processo de infestação de carrapatos nos pastos e nos bovinos. Na ocasião, a empresa mostrará também como é a atuação de seu produto Acatak®, droga pioneira no mercado que inibe o desenvolvimento do ciclo das larvas e ninfas dos carrapatos, quebrando o ciclo de vida do parasito e evitando a reinfestação no gado, além de proporcionar a limpeza da pastagem. O estande da Novartis na Expointer encontra-se na Pista C, ao lado da Pista de Leilões de Ovinos.

“Estudos demonstram que cerca de 95% da infestação de carrapatos, na forma de ovos e larvas, está nas pastagens, enquanto apenas 5% no animal, nas formas parasitárias. Por esse motivo, aplicar um produto convencional, que apenas atinja as formas parasitárias, mas não possui poder residual, não resolve o problema”, explica Octaviano Pereira Neto, gerente técnico da Novartis Saúde Animal. Octaviano explica ainda que a infestação de carrapatos no bovino acontece quando as larvas que estão na pastagem conseguem alcançar o animal, quando este passe próximo delas. Já sobre o corpo do gado, a larva sofre o processo de metamorfose até se transformar no carrapato adulto. Na fase final, após cerca de 22 dias que a larva subiu no animal, o carrapato fêmea cai na pastagem onde deposita milhares de ovos, os quais dão origem a novas larvas (veja ilustração anexa) e o ciclo recomeça.

Problemas de produtividade

De acordo com Octaviano Pereira Neto, o carrapato afeta severamente a capacidade produtiva do bovino parasitado. “O carrapato pode causar uma anemia profunda ao animal. Além disso, duas bactérias – babésia e anaplasma – são transmitidas pela saliva do parasita e também conduzem o animal à anemia, causando a Tristeza Parasitária Bovina. Esse quadro, se não revertido, pode levar o animal à morte”, afirma.

Mais um problema ocasionado pelo carrapato é a perda do valor comercial do couro. As picadas do parasito prejudicam a pele do bovino e, consequentemente, a qualidade do couro, durante o processamento na indústria.

O Acatak® inibe o ciclo de desenvolvimento do carrapato, impedindo seu crescimento, o que causa sua morte. A droga também elimina os carrapatos que já são resistentes as demais moléculas existentes no mercado. O Acatak é aplicado diretamente no lombo do animal, sendo absorvido através da pele e chegando à corrente sanguínea, sem necessidade de injetá-lo ou usá-lo via oral.

Programa de controle de moscas domésticas da Expointer é uma parceria da Novartis e o Governo do Rio Grande do Sul

Outra participação da Novartis Saúde Animal na Expointer 2009 será por meio do “Programa de Controle de Moscas Domésticas”, feito em parceria com a Secretária da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio do Governo do Rio Grande do Sul. A Novartis aplicará o produto Agita® 10 WG – que elimina moscas do ambiente - em todo o entorno da feira, nos pavilhões dos animais e das demais atracões, em locais onde é feito o depósito de esterco e nas áreas onde há aglomerações (praças de alimentação, por exemplo).

A Novartis já faz a aplicação do produto desde 2005 na Expointer, sem custos para o Estado. Em 2008, o programa foi considerado como interesse de governo do Rio Grande do Sul, tendo sido ampliada a área de tratamento e seus benefícios de curto e médio prazo.

O Agita® 10 WG possui em sua formulação um atrativo sexual (ferormônio) e açúcar que atraem as moscas. Seu princípio ativo exclusivo, o tiametoxam, atua no sistema nervoso do inseto, matando-o rapidamente, sem representar um risco à saúde dos animais e pessoas devido a sua baixíssima toxicidade (DL50 > 4.000mg/ kg). O produto pode ser aplicado tanto por meio de pincelamento, sobre superfícies não porosas, ou pulverizado. Além do seu efeito fulminante, possui um período residual de seis a oito semanas, que mantém o efeito mosquicida ativo. “Conforme pudemos observar desde 2005, o longo período residual do produto é um importante benefício, pois mesmo após o término da Expointer 2009, o Agita 10WG seguirá impedindo a formação de novas gerações de moscas domésticas, as quais antigamente se formavam nos montes de esterco acumulados durante a feira”, diz Octaviano.

Serviço:

Expointer 2009 – 29 de agosto a 6 de setembro - Esteio – RS
Estande da Novartis Saúde Animal: Pista C, ao lado da Pista de Leilões de Ovinos.

As informações são da assessoria de imprensa da Novartis.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink