Novo complexo avícola vai gerar 1,4 mil empregos nos Campos Gerais

Agronegócio

Novo complexo avícola vai gerar 1,4 mil empregos nos Campos Gerais

Planta da GMH, que vai ficar em Jaguariaíva, terá investimentos de R$ 1,7 bilhão e capacidade para abater 400 mil aves por dia
Por:
2166 acessos

Um empreendimento bilionário vai movimentar a economia e o mercado de trabalho em Jaguariaíva, na região dos Campos Gerais. A cidade, de quase 35 mil habitantes, receberá um complexo agrícola completo nos próximos anos.

A nova planta da General Mediterranean Holding SA (GMH) terá granja de recria, granja de produção de ovos, incubatório, fábrica de ração, integração/terminação e fábrica-abatedouro.

Ao todo, o investimento será de R$ 1,7 bilhão, gerando 1,4 mil empregos diretos, além de milhares de vagas indiretas. As obras devem começar no início de 2017 e a expectativa é de que o complexo esteja funcionando em dois anos.

O complexo terá capacidade para abater até 400 mil aves ao dia, com foco no mercado europeu e no Oriente Médio. Também serão necessárias centenas de granjas agregadas para suprimento do frigorífico.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink