Novos frigoríficos do Brasil são autorizados a exportar frango e suíno para Singapura

Agronegócio

Novos frigoríficos do Brasil são autorizados a exportar frango e suíno para Singapura

Singapura está entre os 10 maiores importadores de carne de frango do Brasil
Por:
552 acessos

A Agri-Food & Veterinary Authority (AVA), autoridade sanitária de Singapura, autorizou, nesta semana, quatro novas unidades frigoríficas produtoras de carne de frango e uma de carne suína do Brasil a exportar para a cidade-estado asiática.

No caso de aves, são três plantas do Paraná (duas da JBS e uma da Frangos Pioneiro) e uma de Minas Gerais (Vibra Alimentos). De suínos, a unidade recém-habilitada está localizada no Rio Grande do Sul (Cooperativa Languiru).

As novas autorizações se somam a outras 44 plantas frigoríficas de aves e 23 de suínos que já estavam habilitadas para os embarques de produtos congelados.

Singapura está entre os 10 maiores importadores de carne de frango do Brasil.  Para lá, foram exportadas 89 mil toneladas entre janeiro e novembro deste ano, volume que superou em 20,68% as vendas efetivadas no mesmo período do ano passado.

Para o setor de suínos, o mercado tem peso ainda maior: é o quarto principal destino das vendas brasileiras, responsável pelos embarques de 30,1 mil toneladas do produto made in Brazil entre janeiro e novembro, desempenho 19% superior ao total embarcado nos onze primeiros meses de 2015.

“As novas plantas habilitadas deverão reforçar a presença das exportações de aves e de suínos do Brasil no Sudeste Asiático, o que será primordial para incrementar os resultados dos embarques de 2017”, ressalta Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink