Pecuaristas se deslocaram da zona rural para comprar vacina


FEBRE AFTOSA

Pecuaristas se deslocaram da zona rural para comprar vacina

Mais de 10,6 mil pecuaristas idosos saíram de casa na semana que devia ser de isolamento social
Imagem créditos: Divulgação
Por:
237 acessos

Em uma semana da campanha da vacinação antecipada contra a febre aftosa no Rio Grande do Sul, pelo menos 42.467 pecuaristas já se deslocaram da zona rural até a cidade para comprar a vacina. Considerando os dados já lançados no Sistema de Defesa Agropecuária (SDA) da Secretaria da Agricultura, este número representa 15% do total de produtores que precisam fazer a vacina no Estado – 277.389.

Segundo dados do Censo Agropecuário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 25% dos agricultores gaúchos tem 65 anos ou mais. Ou seja, dos 42.467 pecuaristas que já cumpriram com o que determinou a pasta, a estimativa é que em torno de 10,6 sejam idosos, os mais afetado com a disseminação do coronavírus. Em vários lugares, inclusive Porto Alegre, os idosos estão sendo proibidos de sair de casa para que façam o isolamento social.

“Manter a campanha da vacinação contra aftosa neste período de pandemia é ir contra todas as orientações do Ministério da Saúde”, reafirma a fiscal estadual agropecuária Beatriz Scalzilli, vice-presidenta da Associação dos Fiscais Agropecuários do RS (Afagro). Há uma semana, a entidade vem alertando para os riscos e manifestando posição técnica contrária à manutenção do calendário atual da vacinação neste período de pandemia.

Os dados, que referem-se ao período de 16 a 23 de março, mostram o volume de pessoas que se aglomeraram, em todo o Estado, nas casas agropecuárias para adquirir a vacina e nas inspetorias de defesa agropecuária para comprovar a compra. No SDA, os dados são lançados no decorrer da campanha, portanto algumas informações são incluídas posteriormente. Por este motivo, considerando o que ainda não foi lançado no sistema, a Afagro estima que 20% dos produtores já tenham comprado a vacina. 

Tão preocupante quanto o número de produtores que já se deslocaram da zona rural até a cidade é o número de pecuaristas que ainda não compraram a vacina. Se mantidas as medidas atuais, mais de 200 mil produtores rurais ainda precisarão sair de casa para fazer a compra. Além de Porto Alegre, pelo menos 30 municípios do Interior do RS já registram casos confirmados do coronavírus.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink