Pequenos voltam às compras

Agronegócio

Pequenos voltam às compras

Simers projeta que agricultura familiar representará mais de 70% do faturamento na Expointer
Por:
397 acessos

A agricultura familiar deve fazer a alegria das indústrias de máquinas e implementos na Expointer. Pelo menos já colocou um largo sorriso no rosto do presidente do Simers, Claudio Bier. Ele projetou que de 70% a 85% das vendas de máquinas, projetadas em R$ 500 milhões, venham de investimentos dos pequenos agricultores, devido ao Mais Alimentos. Em 2008, o Simers não contabilizou os negócios dos produtores em separado, mas Bier projetou as compras familiares em 50% da receita. Ele creditou a ampliação à incorporação de implementos ao programa.

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, acredita que, do faturamento total da feira, pelo menos 60% sejam negócios relacionados à agricultura familiar (incluindo as vendas no pavilhão). Ele ainda comentou que, devido ao sucesso do Mais Alimentos, a ação pode ser prolongada. "Quando uma coisa dá muito certo, acaba se tornando permanente. O programa foi criado para combater a inflação dos alimentos, e deu muito certo."

Ontem, havia poucos produtores na área destinada a indústrias de máquinas de pequeno porte e no Feirão Mais Alimentos. Giancarlo Rubin, de Fortaleza dos Valos, pesquisava um vagão tratador misturador para a propriedade de 170 hectares. O equipamento oportunizará a ampliação, até o final do ano, do rebanho, de 42 para 57 vacas em lactação. Essa será a segunda aquisição de Rubin pelo programa.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink