Porto Alegre termina junho com IPC-S de 0,44%, aponta FGV
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
CONJUNTURA

Porto Alegre termina junho com IPC-S de 0,44%, aponta FGV

Batata-inglesa foi um dos itens responsáveis responsáveis pelo acréscimo em Porto Alegre
Por:

Assim como em todas as outras capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de Porto Alegre encerrou junho no positivo, apresentando uma taxa de 0,44% na última semana do mês passado. Em relação à terceira semana de junho, houve acréscimo de 0,54 ponto percentual na taxa.

Neste levantamento da FGV, a capital gaúcha apresentou alta nas oito classes de despesa que fazem parte do indicador. Os destaques foram Alimentação (1,31% para 1,90%), que teve na batata-inglesa uma das principais contribuições (foto), e Comunicação (1,34% para 2,12%).

Como referido anteriormente, as sete capitais tiveram alta na inflação todas terminando junho sem deflação: Salvador (0,34% para 0,41%), Brasília (0,40% para 0,91%), Belo Horizonte (-0,07% para 0,24%), Recife (0,26% para 0,37%), Rio de Janeiro (0,24% para 0,35%) e São Paulo (0,00% para 0,18).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.