Açúcar

Preços do açúcar disparam e fecham com forte alta na última sexta-feira em NY e Londres

Demais contratos subiram entre 6,70 e 8,30 dólares
Por:
28 acessos

Os preços do açúcar dispararam na última sexta-feira (27) no mercado internacional, a cotação mais alta dos últimos 60 pregões, segundo informações da Archer Consulting. Na bolsa de Nova York, os preços da commodity no vencimento março/18 subiram 52 pontos, firmando negócios em 14.63 centavos de dólar por libra-peso. Na tela maio/18, a alta foi de 45 pontos, com contratos fechados em 14.67 centavos de dólar por libra-peso. Nos demais negócios, os preços subiram entre 20 e 37 pontos.

O jornal Valor Econômico desta segunda-feira (30) informou que os aumentos das cotações foram puxados por um movimento técnico dos fundos que investem em commodities. "Do lado dos fundamentos, o mercado acompanha a queda no percentual de cana destinada para a fabricação de açúcar no Centro-Sul do Brasil em detrimento do etanol. De acordo com a Archer Consulting, as previsões de crescimento de 10% nas vendas do setor automotivo é um fator ainda não traduzido nos relatórios de oferta e demanda que circulam no mercado".

Em Londres, o dia também foi de valorização em todos os lotes. Na tela dezembro/17, o aumento foi de 7,50 dólares, com negócios firmados em US$ 380,90 a tonelada. No vencimento março/18, a commodity foi comercializada a US$ 381,50, alta de 7,90 dólares. Os demais contratos subiram entre 6,70 e 8,30 dólares.

Mercado doméstico

No Brasil, os preços da saca de 50 quilos do tipo cristal seguem em alta, com valorização de 1,03% e preços negociados em R$ 57,09, de acordo com informações do Cepea/Esalq, da USP.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink