Produtores fazem mutirão e aceleram colheita do trigo

Agronegócio

Produtores fazem mutirão e aceleram colheita do trigo

O Paraná cultivou neste ano 1,26 milhão de hectares de trigo, para um potencial produtivo de 3,37 milhões de t
Por:
361 acessos

Os agricultores paranaenses voltaram à lavoura para dar sequência à colheita de trigo, prejudicada com as chuvas das últimas semanas. Em algumas propriedades, devido ao excesso de umidade, o cereal começou a brotar e perder qualidade, fator que também deve afetar a produtividade.

O agricultor Francisco Alfredo Wurth Scheiner fez um acordo com vizinhos para aproveitar o sol e concluir a colheita na sua propriedade, em Campo Mourão (Centro-Oeste). “Eles emprestaram suas colheitadeiras e, assim que a lavoura deles estiver pronta, sou eu que vou ajudá-los com meu maquinário”, conta Scheiner, que antecipou para o início de abril o plantio de 48,8 hectares de trigo para cultivar milho de verão em setembro. Ele colheu uma média de 1.800 quilos/hectare.

Já o produtor Cláudio Versari ainda deve demorar cerca de um mês para colher os 193,6 hectares de trigo na sua propriedade. “Como a lavoura dele já está pronta e parou de chover, o negócio é ajudar a tirar o trigo rapidamente antes da próxima chuva. Assim ninguém perde”, lembra Versari, que emprestou o maquinário a Scheiner. “Quando a minha safra estiver pronta para colher, ele também vai ajudar”, diz.

O Paraná cultivou neste ano 1,26 milhão de hectares de trigo, para um potencial produtivo de 3,37 milhões de toneladas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink