Projeto Saúde no Meu Quintal valoriza cultura popular de uso de plantas medicinais
CI
Imagem: Divulgação
AGRICULTURA

Projeto Saúde no Meu Quintal valoriza cultura popular de uso de plantas medicinais

Iniciativa é desenvolvida pela Emater-MG em municípios da Zona da Mata mineira
Por:

Identificar e valorizar a cultura popular de cultivo e utilização de hortaliças tradicionais e plantas medicinais nos cuidados com a saúde e na agropecuária. Esses são os objetivos do projeto Saúde no Meu Quintal, desenvolvido em quatro municípios da Zona da Mata mineira.: São Pedro dos Ferros, Raul Soares, Jequeri e Santo Antônio do Grama. Por meio do projeto foram realizadas diversas oficinas sobre temas variados, como tratamentos homeopáticos. 

A iniciativa é da Emater-MG, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, e conta com a parceria da Universidade Federal de Viçosa (UFV), Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Parque Estadual do Rio Doce, prefeituras, Igreja Católica, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e o Centro de Referência de Assistência Social (Cras). 

Por meio do projeto, 110 participantes puderam compartilhar experiências, identificar as plantas medicinais mais comuns, realizar a troca de mudas e sementes, e o preparo de receitas. “Ainda podemos ressaltar a prática dos agricultores em relação ao uso de plantas medicinais para a conservação e saúde do solo, plantas e animais, possibilitando produzir de forma sustentável”, diz a coordenadora da área de Bem-estar social da Emater-MG, Sheilla Lourdes de Oliveira Forza.

De acordo com ela, os participantes têm bastante interesse pelos temas trabalhados. “E uma imensa vontade de utilizar os conhecimentos ancestrais sobre as ervas medicinais para os cuidados com a propriedade, animais e família”, conta a extensionista da Emater-MG.

Sheilla Forza ressalta que a iniciativa tem ajudado na redução do uso de agrotóxicos nas hortas e pomares, contribuindo no bem-estar das famílias e preservação ambiental. “O trabalho proporcionou aos agricultores, que sempre recorriam a produtos veterinários ou insumos sintéticos, terem uma segunda opção, produzindo a preços baixos seus próprios preparados para os males mais simples e corriqueiros na propriedade”, relata a extensionista. 

O projeto tem realizado diversas oficinas, como: produção de caldas naturais, homeopatias, pomadas, xaropes, óleos, tinturas e plantio de mudas.

MelhorAção

O Projeto Saúde no meu Quintal foi um dos vencedores regionais do prêmio MelhorAção 2020. Os autores do projeto são da unidade regional da Emater-MG de Ponte Novas: Andréia Cristina Moreira Lopes, Luivia Maria Pereira Martins, Lucemar Coura, Sheily da Silva Milagres e Renato Santos Silva. 

A iniciativa da Emater-MG tem como objetivo reconhecer e disseminar, interna e externamente, ações e projetos inovadores que tenham obtido resultados relevantes para a empresa ou para os clientes da Emater-MG, tendo ainda como perspectiva a ampliação dos conhecimentos dos colaboradores nas ações de assistência técnica e extensão rural.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink