Pronaf Café está liberado a partir de hoje no PR
CI
Agronegócio

Pronaf Café está liberado a partir de hoje no PR

A nova linha de financiamento disponibilizará recursos para agricultores familiares de todo o Estado
Por:

Os cafeicultores paranaenses ganharão nesta sexta-feira (16-03) uma nova linha de crédito para financiar a lavoura de café. O Pronaf Café, criado pelo Governo Federal, disponibilizará recursos para agricultores familiares de todo o estado. O programa será lançado na sede da Federação dos Trabalhadores do Estado do Paraná (Fetaep) em Curitiba (PR) às 14h30 e contará com a presença do secretário de estado da Agricultura e Abastecimento, Valter Bianchini.

A notícia da nova linha de crédito foi recebida com a alegria pelos cafeicultores da Região de Entre Rios, que abrange 32 municípios. Em São Jorge do Patrocínio, um dos maiores produtores regional de café, os agricultores já planejam reivindicar o crédito. Dos 620 produtores, dois deles já encaminharam proposta ao Banco do Brasil e aguardam uma resposta positiva.

Na avaliação do secretário municipal da Agricultura e produtor Francisco Spanhol o Pronaf Café surge como um incentivo aos agricultores que apesar das dificuldades mantiveram a lavoura em suas propriedades. “99% dos produtores de São Jorge do Patrocínio são pequenos e com certeza o crédito será muito útil. No município a lavoura ocupa uma área de 1,7 mil hectares e foi mantida porque é uma excelente alternativa de diversificação para a pequena propriedade. Esse financiamento era pra existir há muito tempo”, afirmou.

A criação do Pronaf Café marca uma nova etapa na cafeicultura paranaense, já que o Estado pretende repor mais de 55 mil hectares que foram erradicados nos últimos seis anos, principalmente de áreas mais velhas cultivada pelo sistema tradicional. Com a nova linha de crédito, os agricultores terão condições financeiras de promover a renovação das lavouras antigas, implantar novas áreas e investir na melhoria da qualidade do grão.

A expectativa é que sejam aportados recursos no valor de R$ 344 milhões até 2010. O programa atenderá projetos individuais ou de grupos de custeio (aquisição de mudas, adubação, tratos culturais e derriça, por exemplo) e investimento (renovação ou implantação de novos plantios, aquisição de máquinas e implementos e melhoria na infra-estrutura).

Os agricultores que receberem o crédito terão até oito anos para quitar o financiamento com três anos de carência. P

Os agricultores terão até oito anos para quitar o financiamento com até três anos de carência. O limite de financiamento para plantio de um hectare é de 60% dos custos para implantação da lavoura ( calcário, fertilizantes, adubo orgânico, mudas, agrotóxicos e horas-máquinas) com 40% de contrapartida do produtor (até R$ 4.600,00 por hectare em calcário, fertilizantes, adubo orgânico, mudas, agrotóxicos e horas-máquina) com 40% de contrapartida dos produtores.

Produção

O Paraná é o quarto maior produtor brasileiro de café. O cultivo está presente em 212 dos 399 municípios, especialmente no Norte e Norte Pioneiro. Em 2007, a produção cafeeira do estado deve atingir entre 1,7 milhão e 1,9 milhão de sacas. Na safra passada foram colhidas 2.250 milhões desacas, de acordo com o Departamento de Economia Rural da Secretaria Estadual da Agricultura (Deral). A queda na produção será conseqüência do ciclo bianual do café. A área plantada no estado deverá atingir cerca de 100 mil hectares, praticamente a mesma da safra anterior.

De acordo com o Deral, existem 13 mil propriedades rurais cafeeiras no Paraná, sendo que 83% são de pequenos produtores. Em 64% delas o café é administrado em regime de economia familiar. A cafeicultura gera no Paraná 70 mil empregos diretos e 210 mil indiretos. Há no estado 130 indústrias de torrefação e duas de fabricação de café solúvel. Atualmente 55% da área de café paranaense é cultivada pelo sistema adensado que respondeu por 66% da produção da última safra.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink