Propriedade de uva de Petrolina/PE tem gestão premiada

Agronegócio

Propriedade de uva de Petrolina/PE tem gestão premiada

A Frutti Hall, criada em 2003, se consolida a cada ano; empresária acredita que inscrição no prêmio MPE Brasil traz aprendizados para a empresa
Por:
227 acessos

Brasília - Produzir e comercializar uva de alta qualidade, com responsabilidade social e respeito ao meio ambiente para atingir a satisfação dos clientes. Essa é a missão da empresa Frutti Hall que fica em Petrolina (PE), a 714 quilômetros da capital do Estado, na região do Vale do São Francisco. Lá a qualidade é levada a sério por todos os funcionários. A exigência parte principalmente da proprietária, Iolanda Weis Naressi.

A empresa foi criada em 2003 e é resultado da primeira experiência de Iolanda no agronegócio. Antes, ela dava aula particular de Matemática em Curitiba (PR). A idéia surgiu a partir de um trabalho de graduação do filho Enio. O trabalho era sobre o cultivo de uva sem sementes. Quando Enio precisou viajar para Petrolina para fazer a pesquisa em campo, Iolanda resolveu acompanhá-lo.

“Na época, participei da Feira Nacional de Agricultura Irrigada, a Fenagri, e visitei algumas propriedades. Quando vi os parreirais cheios de cachos de uva, fiquei maluca”, conta, animada. Iolanda, que é filha de agricultor, diz que o cenário a fez lembrar da lavoura onde foi criada. “Voltei em setembro e comprei essa área em que estamos hoje”.

A produção começou em 2004 com quatro hectares de área plantada com uvas sem semente Festival e Thompson. Atualmente a plantação ocupa 12 hectares, onde são plantadas também a uva Crimson. “Na primeira safra, eu plantei e depois corri para buscar conhecimento”, diz. “Falei com produtores, busquei consultoria e fiz vários cursos do Sebrae”.

O primeiro curso foi o de Qualidade Total Rural, que trabalha a organização da propriedade. Na seqüência vieram muitos cursos, treinamentos e seminários. De 2005 até hoje ela fez cerca de 47 cursos oferecidos pelo Sebrae e parceiros.

Apesar de ter ido buscar conhecimento, o começo não foi fácil. Além da mudança de Estado e da adaptação ao semi-árido do Nordeste, Iolanda precisava aprender a atividade nova, o cultivo de uva. “Tivemos problemas na nossa primeira safra. Para começar o técnico agrícola saiu uma semana antes da colheita”, relembra.

Superadas as dificuldades iniciais, Iolanda conseguiu fazer com que a Fruttin Hall se consolidasse a cada ano como uma das grandes produtoras de uva de mesa do Vale do São Francisco. Em média, a empresa produz de 20 a 30 toneladas de uva por hectare e vende para o exterior e também para o mercado interno. A empresa tem certificados que asseguram a qualidade do processo de produção da uva, como as certificações de Produção Integrada de Frutas (PIF) e Globalgap.

Prêmio

Tanta organização e empreendedorismo levaram a empresa a vencer a última edição do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas, o MPE Brasil, na categoria Agronegócios. Iolanda conta que o formulário de inscrição do prêmio é longo, mas preenchê-lo é um verdadeiro aprendizado.

“Conforme ia respondendo o formulário de inscrição, percebi que fazia muitas das coisas que se pedia. E, o que faltava, fui atrás para organizar todas as informações e apresentar conforme o prêmio cobrava”, conta. “Os auditores que recebi na empresa para avaliação nas etapas estadual e nacional me deram muitas dicas”.

Ganhar o prêmio trouxe visibilidade e contribuiu para aumentar a organização da empresa. “O maior prêmio foi que a nossa equipe ficou mais coesa. Os funcionários perceberam que fazem parte dessa história de sucesso. Com o prêmio, os procedimentos que antes eram vistos como chatos ou caprichos da dona da empresa, hoje são entendidos como importantes por todos os funcionários. Agora, a nossa gestão virou modelo”.

Para Iolanda, a empresa se tornou vencedora porque valorizou seu profissional, garantiu treinamentos de qualidade e criou um padrão alto de exigência. “Isso reduz os erros”, completa.

Inscrições

Os empresários interessados em participar do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas, o MPE Brasil, têm até o dia 14 de setembro para se inscrever. O MPE Brasil resulta de uma parceria do Sebrae com o Movimento Brasil Competitivo (MBC), Gerdau e Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

A iniciativa reconhece, em nove categorias, negócios que adotam atitudes como a inovação, a busca da excelência e a eficiência na gestão. A inscrição deve ser realizada pelo site www.premiompe.sebrae.com.br. As categorias são: Agronegócio, Comércio, Indústria, Serviços de Educação, Serviços de Saúde, Serviços de Tecnologia da Informação, Serviços de Turismo e Outros Serviços. As etapas estaduais do prêmio acontecerão ao longo deste semestre e a divulgação dos vencedores nacionais deve ser em março de 2010.

Serviço:
Frutti Hall – (87) 3864-3122
Prêmio MPE Brasil - www.premiompe.sebrae.com.br
Inscrições até dia 14 de setembro
Agência Sebrae de Notícias – (61) 3348-7138 e 2107-9362
Site - www.agenciasebrae.com.br

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink