RS: família em Mato Leitão se prepara a nova safra de tabaco
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,684 (0,11%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (2,18%)

Imagem: Marcel Oliveira

AGRICULTURA

RS: família em Mato Leitão se prepara a nova safra de tabaco

O agricultor destaca o apoio do Poder Público para as famílias do interior
Por:
80 acessos

A cultura do tabaco é a principal atividade na propriedade da família Becker, em Vila Arroio Bonito. Para a próxima safra, o casal Elói, 45 anos, e Noeli, 46 anos, pretende trabalhar com 65 mil plantas. A primeira parte, cerca de 20 mil pés, já está na lavoura.

Com aproximadamente oito hectares de área cultivada, os Becker também trabalham com milho e demais culturas para o sustento da família que inclui os filhos Nicole, 19 anos, e Kévin, 11 anos. “Tivemos perdas consideráveis com o milho na última estiagem. Espero recuperar neste ano” comenta Elói, ao falar sobre a expectativa com a nova safra, depois do inverno.

Para tocar a propriedade, a família aproveita os diversos programas oferecidos pela Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente, como o Troca-Troca de Sementes, transporte de calcário, vacinação e inseminação de animais, além de serviços com máquinas. “Quando compramos aqui era muita capoeira. As máquinas ajudaram a limpar e retirar pedras. Agora conseguimos trabalhar tranquilamente com trator”, ressalta.

O casal Becker fixou residência em Mato Leitão há 18 anos, quando veio de Alto Sampaio, interior de Venâncio Aires. “Viemos para cá para melhorar de vida e não nos arrependemos. Aqui é tudo muito bom e diferente. Para quem não imaginava conseguir comprar carro, conseguimos até trator e vários equipamentos”, comemora Becker. Noeli também lembra de outra grande conquista: a nova casa concluída recentemente.

O agricultor destaca o apoio do Poder Público para as famílias do interior. “A Prefeitura está sempre pronta para ajudar. E tem também a equipe da Emater com orientações e visitas nas propriedades. O atendimento é muito bom”, afirma. Noeli lembra também a área da educação. “O ônibus escolar passa aqui na frente de casa. Não precisamos nos preocupar com isso. O Kévin participa das escolinhas de futebol e ele adora. Quem diria que nós (no interior de município) poderíamos participar disso”, completa.

Vale-incentivo beneficia agricultores

Aproximadamente 200 agricultores, entre eles Elói Becker, já retiraram o Vale-incentivo. O programa de apoio ao setor primário beneficia anualmente mais de 500 produtores. O valor varia conforme a produção agrícola informada no Bloco de Produtor Rural com base nos anos anteriores. São dez faixas de produção, com valores a partir de R$ 65 até R$ 650.

O recurso pode ser usado na compra de insumos, em especial adubo químico, ureia e sementes. “Já fiz minha compra em adubo. Dá para produzir o milho que será usado na silagem. É outro programa muito bom no Município”, relatou Becker. O prazo de retirada do Vale-incentivo termina em 30 de setembro.

Garota Imigrante

• A filha do casal Becker é a atual Garota Imigrante. Nicole, representando o São José, foi eleita no ano passado inicialmente para atuação pelo período de um ano. Com a pandemia coronavírus, a Festa Municipal do Colono Imigrante foi cancelada, ampliando o reinado até 2021.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink