Safra de canola anima produtores gaúchos

Agronegócio

Safra de canola anima produtores gaúchos

Produtores gaúchos estão contentes com o desenvolvimento das lavouras. A área ocupada com a cultura aumentou
Por:
179 acessos

Produtores de canola do Rio Grande do Sul estão contentes com o desenvolvimento das lavouras. A área ocupada com a cultura aumentou.

O clima tem ajudado no desenvolvimento da lavoura. O Gilberto Scapin está cultivando grão pela primeira vez. Ele plantou 80 hectares e espera obter uma boa renda.

“É uma cultura a mais que vem somar para, quem sabe junto com o trigo, o produtor obter uma renda maior”, disse o seu Gilberto.

O Rio Grande do Sul é o principal produtor brasileiro de canola. A cultura começou a se expandir no em solo gaúcho nos últimos quatro anos, segundo a Emater, com um aumento de aproximadamente 50% na área cultivada nesse período, graças a demanda que não para de crescer.

A canola é usada na fabricação de óleo comestível e na produção de biocombustível.

O seu Gilberto pretende colher 30 sacas por hectare. O valor do produto é equiparado atualmente ao da soja. Outro trunfo do grão é a vantagem que a canola oferece para as lavouras que serão plantadas em seguida. O cultivo deixa o solo mais fértil e garante maior produtividade.

O produtor gaúcho está vendendo a saca de sessenta quilos de canola, em média, por R$ 42.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink