Saiba a previsão para a quinta-feira
CI
Imagem: Pixabay
AGROTEMPO

Saiba a previsão para a quinta-feira

Tempo seco deve permanecer até a próxima semana
Por: -Aline Merladete

A quinta-feira (29.04) será marcada ainda pela massa de ar frio na região centro-sul do país e também pelo tempo seco em boa parte dessas áreas sob a influência do ar frio. No entanto, devido à influência termodinâmica, ou seja, o calor e a umidade no ar favorecem a formação de pancadas de chuva em boa parte da região norte. Além disso, o recuo da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) para o continente aumenta as condições para pancadas de chuvas fortes em partes da região nordeste.

A condição de tempo seco, permanecerá até pelo menos a metade da próxima semana na região sul. Esta situação será ainda mais intensa entre a metade sul do centro-oeste, principalmente no MS, e parte do sudeste e ao oeste do estado da Bahia, onde os modelos de previsão do tempo indicam baixos volumes de chuvas pelo menos para os próximos 15 dias. 

Saiba como fica o tempo para cada região: 

Região Norte
De maneira geral, as condições do tempo sofre poucas alterações em relação ao dia anterior. Deste modo, ainda há a influência da massa de ar seco sobre o AC e RO o que diminui as condições de chuvas nessas regiões. Porém a forte influência termodinâmica, isto é, o calor somado aos elevados índices de umidade do ar mantém as condições para chuvas localmente fortes no AM, PA e RR. Neste último estado, as pancadas de chuva podem vir em um curto período de tempo e provocar acumulados na ordem dos 40 mm no decorrer do dia. Contudo, ao leste do estado do PA, AP e TO, as condições para chuvas são menores, mas não a ponto de impedir a formação das nuvens carregadas. 

Região Nordeste
As chuvas voltam a ganhar força, especialmente ao norte do estado do MA e do PI, devido à maior influência da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) nessas áreas, com isso são esperadas pancadas de chuvas e acumulados expressivos na ordem dos 50 mm pontualmente. Além disso, os ventos de leste também favorecem o transporte da umidade marítima para o litoral da BA e podem provocar chuvas  passageiras e gerar acumulados próximos aos 20mm no decorrer do dia. Apesar dessas áreas de instabilidades, o tempo será firme entre o oeste da BA, sul do PI e na faixa leste dos estados de PE, PB e RN. 

Região Centro-Oeste
O predomínio do tempo na região será da massa de ar seco e frio, o que acaba impedindo a formação de nuvens sobre uma grande área da região. Deste modo, as chuvas serão restritas ao extremo norte do estado do GO e nordeste do MT, mas sem provocar acumulados significativos. Ao passo que entre a metade sul do estado do MT, sul de GO e todo o estado do MS o tempo fica firme com poucas nuvens no céu. Destaque para a umidade relativa do ar, especialmente na capital Sul Matogrossense, onde os índices de umidade podem ficar abaixo dos 20%. Sobre as temperaturas, o dia continua com amanhecer frio ao sul do Ms, com mínimas que se aproximam dos 8°C, mas essas temperaturas seguem em rápida elevação no período diurno e podem superar os 32°C em algumas localidades. 

Região Sudeste
De modo geral, o tempo fica seco em grande parte dos estados, as condições de chuvas ficam restritas apenas para o norte de MG e litoral sul de SP, ainda assim sem provocar acumulados significativos, sendo refletidas em uma maior variação de nebulosidade. O destaque, assim como na região centro-oeste, também fica para as grandes diferenças entre as temperaturas mínimas e máximas do dia, e para os baixos índices de umidade relativa do ar, especialmente no oeste paulista e triângulo mineiro. 

Região Sul
Nesta quinta-feira o dia continuará sem a presença das chuvas em todas as áreas da região. Apenas no litoral do PR e na grande região de Porto Alegre no RS, devido à umidade marítima, poderá ter uma maior variação de nebulosidade. O destaque ainda fica para as temperaturas baixas, associadas a massa de ar polar e o sistema de alta pressão que atua na região, e as condições propícias para a formação de geadas. O fenômeno pode ocorrer com maior intensidade na região serrana de SC, norte do RS e sul do PR; já no oeste de SC e na grande região das Serras de Sudeste no sudeste Rio Grandense as condições para a formação de geada são mais brandas. Destaque novamente para as temperaturas mínimas, serão por mais um dia negativas em áreas mais altas e baixas, e abaixo dos 4°C nas regiões anteriormente citadas. 

Veja os mapas de como ficam as temperaturas e as chuvas:

Chuva:

Temperatura Máxima:

Condições Para formação de Geada:


 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink