Santa Catarina zera ICMS para a suinocultura

Agronegócio

Santa Catarina zera ICMS para a suinocultura

A redução vale a partir de 1º de setembro e se estende até 30 de novembro
Por:
379 acessos

O governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, deu aos suinocultores catarinenses o maior presente que eles poderiam receber: zerou o ICMS sobre a venda de carne in natura e animais vivos para outros estados, que era de 12%. O decreto foi assinado em Chapecó ontem, aniversário do município. A redução vale a partir de 1º de setembro e se estende até 30 de novembro.

De acordo com o secretário da Agricultura catarinense, Antônio Ceron, a iniciativa visa a atender as reivindicações da cadeia produtiva. De acordo com dados do governo, houve queda de consumo de 20% no mercado interno em seis meses.

A Acsurs encaminhou documento ao governo gaúcho em que solicita equiparação com Santa Catarina. De acordo com o presidente da Acsurs, Valdecir Folador, a redução de R$ 0,05 concedida na semana passada foi considerada um desaforo. Amanhã, líderes do setor e o deputado Jerônimo Goergen debaterão alternativas com o secretário da Fazenda, Ricardo Englert.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink