Santa Helena Sementes renova marca para ampliar o mercado de atuação
CI
Agronegócio

Santa Helena Sementes renova marca para ampliar o mercado de atuação

Com 33 anos de atividades, empresa do grupo Agroceres produz híbridos de milho e sorgo para grãos e silagem e moderniza marca para atender produtores
Por:

Nas últimas cinco safras a produção brasileira da segunda safra de milho registrou uma evolução significativa. A área cultivada de safrinha cresceu em média 8% ao ano e as exportações brasileiras de milho aumentaram 41% entre 2014 e 2015. Neste cenário positivo para o agronegócio, a Santa Helena Sementes, pertencente ao grupo Agroceres, moderniza sua marca para atender atuais e novos clientes.

Com 33 anos de atividades atendendo produtores, distribuidores, cooperativas, revendas e sindicatos rurais, a empresa possui portfólio de sementes híbridas de milho e sorgo convencionais e transgênicas destinadas à produção de grãos e silagem, com as tecnologias mais atuais existentes no mercado. “Nossa expectativa é de que o mercado continue favorável, o que deve ampliar as possibilidades de negócios para a empresa com a marca renovada. Desta forma, reforçamos o nosso compromisso com a qualidade e resultados dos nossos produtos”, afirma Dasio Oliveira de Souza, gerente nacional de vendas da Santa Helena Sementes.

A área de produção da empresa está localizada no Noroeste Mineiro, região tradicional no plantio de milho e sorgo para sementes, principalmente nas cidades de Paracatu e Guarda Mor. A unidade de beneficiamento está no município de Pato de Minas. Conta ainda com banco de germoplasma próprio e centros de pesquisa para obtenção e seleção de linhagens e híbridos de milho e sorgo adaptáveis a todas as regiões de cultivo no Brasil e também em países estratégicos, onde a empresa já possui participação comercial.

A Santa Helena Sementes atende produtores de pequeno, médio e grande portes com híbridos de médio e alto investimentos adaptados às diferentes regiões produtoras de safra verão e segunda safra (safrinha). “Conseguimos ampliar a participação de nossas sementes na safra verão nos últimos anos”, explica o gerente de vendas. No mercado de silagem, no qual vem obtendo bom desempenho com híbridos específicos, atua com foco em pecuária leiteira, com destaques nas regiões Sudeste e Sul.

A transição para a nova marca ocorrerá de maneira gradativa, substituindo a antiga em toda a comunicação da empresa, materiais de promoção e embalagens - que continuarão a ser utilizadas até o final dos estoques. Os clientes serão informados sobre a mudança por meio de um comunicado dirigido. “Esta é uma mudança que confirma a evolução da empresa ao longo dos anos, de acordo com as demandas de mercado, bem como abre caminho para a nova campanha de vendas da safra 2016/17”, explica o gestor de marketing, Ricardo Somazz Reis. 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.