Satis foca na pesquisa e divulga seu portfólio para auxiliar no manejo da cultura do café

Agronegócio

Satis foca na pesquisa e divulga seu portfólio para auxiliar no manejo da cultura do café

Congresso mostrou a grande evolução no segmento de pesquisas e novas tecnologias
Por:
932 acessos

Empresa mineira apresentou seu programa para a cafeicultura, incluindo nutrição e tratamento de doenças durante o Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras
 
Durante a 42ª edição do Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras, realizado em Serra Negra, no fim de outubro, representantes da empresa mineira Satis estiveram reunidos com técnicos-pesquisadores das mais conceituadas instituições do País para discutir os rumos do cultivo e analisar os resultados obtidos por meio de trabalhos de pesquisa e inovações no manejo dos cafezais.

O congresso mostrou a grande evolução no segmento de pesquisas e novas tecnologias voltadas para o mercado cafeeiro. “O foco foi mostrar essas pesquisas e trabalhos que desenvolvemos durante todo o ano para os produtores e consultores que visitam o evento. Dessa vez conseguimos apresentar tanto as tecnologias comerciais, quanto aquelas que ainda estão sendo avaliadas para a cafeicultura”, diz Cláudio Gusmão, gerente de desenvolvimento de mercado da Satis.

É o caso do Mathury, solução indicada para a cultura cafeeira, que foi desenvolvido pela Satis para nutrir e também promover importantes funções de metabolismo vegetal, como desacelerar a velocidade de amadurecimento até o estágio seco. O produto consegue uniformizar a maturação dos frutos do café e garantir um aumento de seu volume, diminuindo a quantidade de café no chão. Com ele, os frutos que ainda estão verdes podem amadurecer para cereja, enquanto que os que chegaram ao ponto de cereja permanecem no mesmo estágio por mais tempo.

“Nosso amplo portfólio de produtos voltados para cada fase da cultura do café tem servido para garantir um maior pegamento de florada, melhor desenvolvimento dos frutos, o fortalecimento fisiológico das plantas para melhor manejo de doenças, além de uma melhor uniformidade de maturação e, consequentemente, maior rendimento da colheita do café”, acrescenta Gusmão.

A Satis também apresentou o Fulland, produto indicado para diferentes fases de desenvolvimento da cultura do café, sendo capaz de promover e estimular de forma natural o fortalecimento das plantas, principalmente a produção de substâncias de auto defesa. Ele também atua no controle de doenças, auxiliando no tratamento de bactérias e fungos, tudo para que o cafeeiro possa expressar sua máxima produtividade. “Este é mais um aliado para o produtor de café utilizar no manejo de doenças”, destaca o gerente de desenvolvimento da Satis.

A parte nutricional fica por conta da linha Vita de macro e micronutrientes que podem ser aplicados na cultura do café. O Vitan é um potente organomineral, rico em macros e micronutrientes, que contém em sua fórmula alta carga de aminoácidos livres.  É absorvido rapidamente pelas plantas e promove um acelerado estímulo do metabolismo vegetal. Já o Sturdy fornece mais energia e melhor desempenho para as plantas, especialmente sob condições adversas, nas quais a demanda energética é maior. O produto atua em vários processos da planta, desde o desenvolvimento da raiz até a fase reprodutiva de floração e frutificação.

Para saber mais acesse www.satis.ind.br 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink