Sistema cria “cercas virtuais” para o gado
CI
Imagem: Pixabay
TECNOLOGIA

Sistema cria “cercas virtuais” para o gado

A cerca virtual usa um GPS integrado a um dispositivo microcontrolado
Por:

Um novo sistema desenvolvido em pesquisa da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) da Universidade de São Paulo (USP) funciona como uma espécie de cerca virtual para o gado. Ele acompanha a rotina diária dos animais e assegura que eles se mantenham em uma área predefinida, emitindo alertas aos criadores caso ultrapassem esses limites, reduzindo riscos de fuga, furto, roubo e também de exposição a doenças.

“Nas grandes criações e fazendas, caso o sistema emita um alerta de que o animal está fora da área de monitoramento, os funcionários iriam a cavalo ou de moto até o local, garantindo que esse deslocamento só será feito se houver realmente uma ocorrência ali, o que é diferente de fazer uma busca percorrendo todo o terreno”, relatam, ao Jornal da USP, o pesquisador Carlos Alberto Marincek e sua orientadora, a professora Ana Carolina de Sousa Silva, da FZEA, que realizaram o trabalho no Laboratório de Física Aplicada e Computacional (Lafac) e no Laboratório de Processamento de Sinais e Imagens (LPSI), no Departamento de Ciências Básicas (ZAB) da faculdade.

O tipo de tecnologia usada aqui diferencia o sistema dos demais. “Nesta pesquisa, o sinal de radiofrequência usado para a transmissão e comunicação de dados foi o de um transceptor de radiofrequência com tecnologia LoRa, a qual permite transmissão de dados a longa distância, podendo atingir 15 quilômetros (km) em áreas rurais, com um consumo reduzido de energia elétrica”, descrevem os pesquisadores.

“Esta faz uso de elementos físicos para cercar, limitar, restringir uma determinada área ou região, atuando, podemos dizer, de uma forma invasiva”, destacam. “A cerca virtual usa um GPS integrado a um dispositivo microcontrolado e gerenciado por um software que, ao monitorar a rotina diária do animal, detecta, a partir da localização dele, se o mesmo ultrapassou ou não os limites predefinidos.”


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.