Soja já subiu 5,30% em Maio

MERCADO FÍSICO

Soja já subiu 5,30% em Maio

Principais focos de atenção do mercado são: clima nos EUA e Guerra Comercial com China
Por: -Leonardo Gottems
1342 acessos

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quarta-feira (15.05) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas subindo 1,60%, para R$ 78,30/saca, elevando os ganhos do mês para 5,30%. No interior a alta foi bem maior, de 1,98%, para R$ 73,01, elevando os ganhos em maio para 4,11%.

“A alta de 0,51% no Dólar (chegou a 1,17% durante a sessão), somada à alta de 0,48% nas cotações de Chicago e de 6 cents/bushel no prêmio de junho provocaram a maior alta deste ano nos preços da soja, tanto nos portos, quanto no interior”, aponta o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Fernando Pacheco.

De acordo com ele, houve mais vendas nesta quarta-feira para exportação: “As 800 mil negociadas ontem foram, a grosso modo, 200 mil no Matopiba, 150 mil no MT, 150 mil entre GO e MG, 80 mil no MS, 120 mil no PR e 100 mil entre RS e SC. Os dois principais focos de atenção do mercado são o clima, que está se deteriorando no Hemisfério Norte, tanto para soja, como para o milho e o trigo e o conflito comercial com a China”.

“No front chinês, não há opções fáceis para a China com pressão de guerra comercial com os EUA: concordar com as exigências dos EUA para acabar com subsídios e isenções fiscais para empresas estatais e setores estratégicos também poderá afetar o modelo econômico estatal da China e enfraquecer o controle do Partido Comunista sobre a economia”, completa ele.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink