Soja segue em alta no Brasil

MERCADO FÍSICO

Soja segue em alta no Brasil

Para quem estava esperto e acompanhando o mercado houve ocasião de fechar bons negócios
Por: -Leonardo Gottems
1127 acessos

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a terça-feira (21.05) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas subindo 1,35% nos preços médios nos portos brasileiros. Com isso voltaram a ultrapassar a barreira psicológica dos oitenta reais/saca, fechando a R$ 81,65/saca e elevando os ganhos de maio para 9,80%. 

De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, no interior a alta foi consideravelmente menor, porque os fatores que a afetam são outros: apenas 0,46%, para R$ 75,00/saca, elevando os ganhos mensais para 6,94%: “Mesmo com as quedas acentuadas do dólar (1,39%) e de Chicago (1,17%) e com prêmios inalterados (jul19 e abr20) ou até mais baixos (jun19, mai20, os únicos que subiram foram ago19 +4 e mar20 +18)”

O que fez os preços da soja subirem no Brasil? “Em primeiro lugar, o dólar também subiu no início da sessão (abriu a 4,09 e foi a 4,11, antes de cair e fechar a 4,04). Em segundo lugar, a cotação de Chicago também subiu 15 cents/bushel de alta em relação ao fechamento do dia anterior, antes de cair 9,75 no fechamento. Então, para quem estava esperto e acompanhando o mercado houve ocasião de fechar bons negócios mesmo neste dia aparentemente ruim”, explica o analista da T&F Luiz Fernando Pacheco.

Mas, segundo ele, o grande motivo da alta desta terça-feira foram os preços dos fretes internacionais, que saltaram para as alturas, antecipando a possibilidade de grandes altas nos preços do petróleo. O tipo Brent subiu hoje 0,26% para US$ 72,18/barril, mas poderá subir mais.

“Isto fez o mercado de soja também antecipar as altas nos preços C&F, que também quase dobraram os prêmios nos últimos 30 dias. Com a possibilidade de forte alta, os compradores no destino se retiraram do mercado nesta terça-feira. Mesmo assim, houve negociações no mercado de Paper em Paranaguá de Jun19 a +96 versus Mar20 + 31. Outro destaque nas notícias desta terça-feira foi o esmagamento de soja na Argentina, que ficou em 3,82MT, levemente abaixo das expectativas do mercado”, conclui Pacheco.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink