TecnoCarne 2009 apresenta Fábrica de Peixe

Agronegócio

TecnoCarne 2009 apresenta Fábrica de Peixe

Iniciativa inédita no Espaço Aquipesca, a empresa Recolast levará dois tanques para mostrar sistemas de criação sustentável de espécies continentais e marinhas
Por: -Janice
512 acessos

De 25 a 27 de agosto, o Espaço Aquipesca da 9ª TecnoCarne - Feira Internacional de Tecnologia para a Indústria da Carne contará com a Fábrica de Peixe. O espaço projetado pela empresa Recolast terá dois tanques de sistemas de criação de peixes, sen do um deles de água doce e outro de água salgada. Cada um receberá espécies de destaque na aquicultura continental e na aquicultura marinha, como tilápias, robalos, garoupas e a espécie apontada como o salmão brasileiro, o bijupirá.

"A principal característica desses sistemas é o constante tratamento da água de cultivo, mantendo o padrão de qualidade", explica Rafael Padeiro Catarino, biólogo e coordenador de projetos da Recolast. Segundo o especialista, esse sistema consegue obter maior densidade na produção, o que chega a ser 40 vezes superior ao dos ecossistemas naturais, possui baixa renovação de água, maior biossegurança da produção de bactérias e predadores, além do cultivo do meio ambiente ser ecologicamente correto por ter baixa produção de resíduos.

O aumento do número de consumo de pescado já é uma realidade mundial, mas em muitos lugares os estoques pesqueiros estão em estado crítico, de acordo com informações da Recolast. "Acreditamos que esse setor passa por uma transição, onde a aquicultura será a grande responsável pela produção de pescado, tornando a produção menos extrativista", ressalta Rafael. As novas tendências da aquicultura devem estar cada vez mais preocupadas com o desenvolvimento sustentável.

Mercado

O pescado representa 18% do consumo mundial de proteínas animais. Uma pesquisa realizada em 2008 pela consultoria ECD Food Service identificou que o brasileiro consome cerca de 40 gramas de peixe por refeição feita fora do lar, enquanto o consumo de carne bovina é de mais de 95 gramas por refeição. Mas esse quadro pode mudar, pois já se observa uma tendência mundial por uma alimentação mais saudável. Os peixes mais consumidos no Brasil são salmão, cação e merluza. O especialista Torben Petersen, do Chile, afirma que o crescimento médio do consumo de salmão e truta no mundo é de 10% ao ano.

Devido ao crescimento desse mercado, projetos de tanques como os que serão apresentados na Fábrica de Peixe se espalham por todo o mundo. "Temos sistemas implantados no Nordeste, no Norte, no Sudeste, no Centro-Oeste do Brasil e até na África", comenta o representante da Recolast. No Brasil, porém, os mercados mais promissores são os do Nordeste e do Sudeste. "A missão da Recolast é expandir este crescimento, desenvolvendo tecnologias que facilitem a produção e a inserção de novos profissionais neste setor", ressalta ainda.

TecnoCarne 2009
9ª Feira Internacional de Tecnologia para a Indústria da Carne
Data: 25 a 27 de agosto de 2009
Horário: 14h às 21h
Local: Centro de Exposições Imigrantes - São Paulo (SP)

As informações são da assessoria de imprensa do evento.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink