Variação genética melhora aptidão do feijão ao calor

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Imagem: Eliza Maliszewski
ESTUDO

Variação genética melhora aptidão do feijão ao calor

Foram encontradas diferentes regiões genéticas que explicam a adaptabilidade
Por: -Leonardo Gottems

Com o cruzamento do feijoeiro com uma espécie silvestre adaptada aos desertos, foi criada uma população de mapeamento genético que permite analisar a tolerância ao calor, o que aumentaria a capacidade de adaptação às condições ambientais do feijoeiro. Dentro da população de estudo, variáveis como rendimento por hectare, peso médio das sementes, peso seco das cascas e peso seco dos caules em condições de estresse térmico foram observadas. 

No decorrer da pesquisa, foram encontradas diferentes regiões genéticas que explicam a adaptabilidade a altas temperaturas e que deixam claro que essa tolerância é uma característica que depende de múltiplos genes. É o que afirma o engenheiro agrônomo Sergio Andrés Cruz Ruiz em seu trabalho de pós-graduação intitulado "Identificação de QTLs associados à resistência ao estresse térmico em populações interespecíficas de feijão comum derivadas de  Phaseolus acutifolius ". 

O trabalho foi dirigido pelo Dr. Steve Beebe, diretor do Programa de Melhoramento Genético do Feijão do Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT) da Colômbia, e pela professora Diana Carolina López Álvarez, doutora em Ciências Agrárias e Ambientais Naturais, e apresentada no Mestrado em Ciências Agrárias da Universidade Nacional da Colômbia (UNAL) Sede de Palmira. “Esta pesquisa busca usar uma espécie silvestre adaptada a condições de baixa umidade para contrariar a vulnerabilidade de certas culturas às mudanças climáticas, no caso o feijão”, diz o agrônomo Cruz. 

A população interespecífica foi criada a partir do feijão comum ( Phaseolus vulgaris ) e uma espécie de feijão selvagem ( Phaseolus acutifolius ) que foi avaliada como uma fonte potencial de genes associados à tolerância ao calor. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink