Tocantins é referência no controle da raiva dos herbívoros

ZOONOSE

Tocantins é referência no controle da raiva dos herbívoros

O Governo do Tocantins vem contribuindo com treinamentos de equipes sobre controle da raiva em municípios do Pará
Por:
370 acessos

Encerrou na última sexta-feira, 25, em Redenção – PA, um treinamento para equipes que atuam no Programa Estadual da Raiva dos Herbívoros (bovinos, equídeos, ovinos e caprinos) daquele Estado. O curso que teve início no último dia 21, e contou com a colaboração da Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) a convite da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), que vê no Tocantins uma referência para a região no controle da zoonose.

O Tocantins disponibilizou uma equipe de controle da doença para colaborar com a capacitação dos profissionais do estado vizinho. E durante os cinco dias, os profissionais realizaram diversas atividades em propriedades rurais da região treinando, identificando e monitorando abrigos dos morcegos hematófagos, principal transmissor da doença na zona rural, controle populacional desta espécie, cadastrando abrigos e realizando um trabalho de educação sanitária junto aos produtores rurais.

A coordenadora do Programa Estadual de Controle da Raiva dos Herbívoros do Pará (PECRH-PA), Arlinéa Rodrigues, destacou o trabalho realizado pela Adapec no controle da raiva dos herbívoros e disse que o PECRH do Tocantins é hoje uma referência para os estados vizinhos. “Essa parceria entre o Tocantins e o Pará é fundamental para o fortalecimento da defesa agropecuária e vejo a Adapec como referência no controle da raiva dos herbívoros, porque tem uma atuação eficaz do PECRH do Tocantins que faz a diferença, inclusive com as equipes atuando de maneira preventiva e é isso que queremos também para o nosso estado,” ressaltou Arlinéa.

O presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha disse que o reconhecimento da Adepará ao trabalho realizado pelo PECRH do Tocantins demonstra a seriedade do órgão no controle da zoonose e a qualificação das equipes que atuam no programa.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink