Proalba é renovado durante Bahia Farm Show
CI
Agronegócio

Proalba é renovado durante Bahia Farm Show

Certificado é necessário para que o produtor possa pleitear o incentivo fiscal
Por:
O governador da Bahia, Rui Costa, assinou durante  a solenidade de abertura da Bahia Farm Show 2015 o decreto que renova o Programa de Incentivo à Cultura do Algodão da Bahia (Proalba) que desonera em até 50% as operações sobre o Imposto de Circulação de Mercadorias sobre Serviços (ICMS). Ao lado do presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Celestino Zanella, e do presidente da Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Júlio Cézar Busato, o governador reforçou a parceria com os agricultores baianos ao renovar os incentivos fiscais. 

“Serão cerca de R$6 milhões que serão revertidos para o monitoramento e combate de pragas e doenças, e pesquisas por meio da Fundação Bahia para difundir a tecnologia para aumentar a produtividade e expandir o algodão da nossa região para o Brasil e para o Mundo”, disse Celestino Zanella, que representa 241 produtores de algodão da Bahia, estado que é o 2º maior produtor do Brasil.

“No que depender do governo da Bahia, vamos agregar mais valor à produção, buscando verticalizar as cadeias produtivas e deixando no estado uma parcela maior da riqueza aqui gerada. Estaremos sempre junto ao produtor”, avaliou o governador da Bahia.

Durante a solenidade de abertura da Bahia Farm Show, também foram entregues, de forma simbólica, quatro certificados de regularidade para os produtores Izabel da Cunha, Eunice Mizote,  Marcelino Flores e Marilene Zancanaro, que seguiram todas as estratégias de Defesa Fitossanitária na Bahia. Ao todo foram 132 inscritos, desses, 122 receberão o Certificado de Regularidade.

Certificado de Regularidade - O Certificado é necessário para que o produtor possa pleitear o incentivo fiscal e, para recebê-lo, é preciso atender aos requisitos exigidos pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), a exemplo das fiscalizações da data limite de plantio, condução da cultura quanto ao controle de pragas, como o Bicudo do Algodoeiro (Anthonomusgrandis), o cumprimento da data limite para o arranquio das soqueiras, eliminação de tigueras (plantas voluntárias) e rotação de culturas, bem como o uso correto de agrotóxicos e devolução das embalagens vazias.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Calendário



Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.