Ministério prepara maior feira da agricultura familiar

EXPOINTER 19

Ministério prepara maior feira da agricultura familiar

Pavilhão terá mais de sete mil metros quadrados e 316 espaços de comercialização
Por:
74 acessos

Agricultores familiares terão espaço de destaque na 42ª Expointer, que começa no próximo sábado (24), em Esteio (RS). O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento prepara neste ano a maior feira do setor já realizada no evento. Um pavilhão com mais de sete mil metros quadrados e 316 espaços de comercialização vai receber a 21ª Feira da Agricultura Familiar. Durante nove dias, o espaço oferecerá aos visitantes toda a diversidade de produção das agroindústrias, artesanato rural, plantas, flores e quatro cozinhas com refeições.

Além da oportunidade de comercialização, os produtores terão acesso às políticas do ministério. “Na inauguração do pavilhão, dezenas de Selos da Agricultura Familiar serão entregues aos agricultores. Outro ato muito importante, será a assinatura dos primeiros contratos para a construção e reformas de casa entre o Banco do Brasil e beneficiários do Pronaf [Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar]”, detalha o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Schwanke.

A ministra Tereza Cristina também vai prestigiar a feira. A previsão é que ela participe do evento nos dias 29 e 30 e atenda representantes da agropecuária em um gabinete montado no pavilhão da agricultura familiar.

Estandes

Os estandes serão divididos entre 312 estabelecimentos do Rio Grande do Sul, mais cinco do Rio de Janeiro, dez de Minas Gerais e um do Amapá. O número de inscrições é 9,5% maior do que no passado, quando 285 expositores participaram da feira.

Do Rio Grande do Sul, serão 247 agroindústrias e 65 empreendedores nas áreas de artesanato rural, plantas e flores. Ao todo, 139 municípios do estado estarão representados no local.

No ano passado, além de completar 20 anos com sucesso reconhecido de público e vendas, o Pavilhão da Agricultura Familiar dobrou de tamanho, passando de 3,5 mil metros quadrados para 7,6 mil metros quadrados.

O novo espaço possibilitou a ampliação da praça de alimentação para 410 lugares e a criação de um depósito interno, que facilita a reposição dos produtos por parte das agroindústrias. O Pavilhão da Agricultura Familiar vendeu em 2018 40,3% a mais do que em 2017, alcançando a marca de R$ 4 milhões em negócios.

Concurso

Um dos eventos mais tradicionais da feira, o Concurso de Produtos da Agroindústria Familiar, já tem as datas definidas. Na segunda (26) e na terça (27), o concurso avaliará os melhores itens nas categorias: suco de uva integral, vinho tinto de mesa seco, vinho tinto fino seco, salame, queijo colonial, cachaça prata, cachaça envelhecida (classificação premium e extra premium) e mel.

Outro momento aguardado é o Cozinha Show, iniciativa que divulga e valoriza os alimentos produzidos pelas agroindústrias familiares, com o uso desses alimentos em receitas elaboradas por chefs de cozinha.

Parceria

A 21ª Feira da Agricultura Familiar é organizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul (SeapDR), Emater/RS-Ascar, Federação dos Trabalhadores na Agricultura no RS (Fetag), Federação dos Trabalhadores na Agricultura do RS (Fetraf Sul) e Via Campesina.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink