Genética premiada impulsiona vendas em leilão de Uruguaiana

Genética

Genética premiada impulsiona vendas em leilão de Uruguaiana

Novilha de vaca que venceu campeonato da Expointer foi animal mais valorizado
Por:
22 acessos

 A genética premiada na última edição da Expointer, em Esteio, impulsionou as vendas do 57º Remate Anual da Cabanha São Bibiano, em Uruguaiana, nessa quinta-feira. Filha de Pitanga, vaca que venceu o grande campeonato da raça Angus, uma novilha prestes a completar um ano foi o animal mais valorizado do leilão, arrematada por R$ 20 mil pela Estância da Carapuça, de São Paulo.

O segundo maior valor foi o de uma prenhez de Pitanga, por R$ 17,6 mil para o Sítio São Paulo, de Uruguaiana. A fêmea premiada desfilou pela pista de remates com cria ao pé. O faturamento chegou a R$ 1,57 milhão, com média geral de R$ 4,07 mil para 386 bovinos das raças e Angus e Brangus. Entre as médias se destacaram a de R$ 9,39 mil pelos touros Brangos e R$ 5,56 pelos ventres Aberdeen Angus.

Segundo o titular da cabanha São Bibiano, Antônio Martins Bastos Neto, a procura pela genética de Pitanga é resultado de um trabalho realizado há mais de 60 anos pelo criatório. “Para chegar a esse resultado, fazemos várias tentativas”, descreve. A mesma seleção, segundo ele, é aplicada aos animais de campo, o que justifica a demanda pelos animais da cabanha. Antes do início do remate, a pista foi batizada com o nome de Benedito Ferrareli, colaborador da cabanha que faleceu este ano. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink