Avaliação de uma metodologia prática para o mapeamento de plantas daninhas
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,650 (0,50%)
| Dólar (compra) R$ 5,55 (0,74%)


Plantas invasoras

Avaliação de uma metodologia prática para o mapeamento de plantas daninhas

Avaliação de uma metodologia prática para o mapeamento de plantas daninhas
Por:
656 acessos

Está sendo desenvolvida uma nova tecnologia, chamada Agricultura de Precisão e, com ela, vêm surgindo novos equipamentos, capazes de realizar a aplicação localizada de defensivos. Muitos desses equipamentos necessitam de um mapeamento prévio do alvo de interesse para sua utilização. O propósito deste trabalho foi a avaliação de uma metodologia prática para o mapeamento de plantas daninhas pelo contorno das reboleiras com um quadriciclo. Foram realizados dois mapeamentos em um mesmo campo agrícola, com quinze dias de intervalo. A metodologia aplicada para o mapeamento de plantas daninhas mostrou-se eficiente nas condições avaliadas. Foi possível a obtenção dos mapas de plantas daninhas com três níveis de infestação. Verificou-se a necessidade de um planejamento para a realização do mapeamento, levando-se em consideração a posterior aplicação localizada de defensivos.

Veja o artigo na integra clicando
aqui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink