Agronegócio

Anvisa libera inseticida metaflumizone da Nihon Nohyaku

Detentora da Sipcam Nichino
Por: -Leonardo Gottems
56 acessos

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o uso do ingrediente ativo metaflumizone para a produção de inseticidas pela empresa japonesa Nihon Nohyaku. A decisão libera o produto para aplicação foliar em 25 culturas, entre elas milho, soja, algodão, uva, café e várias frutas e vegetais.

O inseticida foi lançado no Japão em 2010 com a marca comercial Axel. No País, a Nihon Nohyaku possui como subsidiária a Sipcam Nichino Brasil S.A., da qual possui 50% do capital. A outra metade pertence ao Grupo Sipcam-Oxon, atuante no mercado agroquímico brasileiro desde 1979.

Para começar a ser comercializado, o metaflumizone precisa ainda do aval dos outros dois órgãos responsáveis pelo registro fitossanitário no Brasil: do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Veja também

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink