Japonesas investem em parceria no Brasil

AGROQUÍMICOS

Japonesas investem em parceria no Brasil

"A parceria impulsionará a nossa força no competitivo agronegócio brasileiro”
Por: -Leonardo Gottems
162 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

As empresas japonesas Mitsui & Co., Ltd e Ishihara Sangyo Kaisha Ltd., mais conhecida como ISK, decidiram investir em uma parceria tendo como alvo a brasileira Ourofino Química Ltda. Na ocasião, as asiáticas anunciaram a compra de 25% das ações da Ourofino, apostando em um mercado cada vez mais em crescimento no País. 

“O Brasil é o maior mercado mundial de defensivos agrícolas, respondendo por aproximadamente 20% do mercado global. O crescimento populacional, especialmente nos países em desenvolvimento, tem se mostrado um fator-chave para o crescimento do mercado de insumos agrícolas (incluindo agroquímicos, fertilizantes, sementes etc.), e espera-se que o mercado brasileiro continue se beneficiando dessa tendência no futuro”, disse a assessoria de imprensa da Mitsui. 

Segundo o presidente e sócio fundador da Ourofino, Norival Bonamichi, o objetivo principal da parceria é unir esforços para conseguir aumentar o destaque no mercado mundial de agroquímicos e agregar valor ao agricultor brasileiro. “A Ourofino Agrociência, seus clientes e fornecedores serão extremamente beneficiados pelo conhecimento e investimento em novas pesquisas que as duas empresas agregarão ao negócio. Aliada ao atual modelo de gestão, que fez o sucesso da companhia até o momento, a parceria impulsionará a nossa força no competitivo agronegócio brasileiro”, comenta. 

Para a Mitsui, ao investir neste projeto, a duas estrangeiras pretendem contribuir para a expansão dos negócios da Ourofino no Brasil, induzindo sinergia com os ativos da Mitsui em todo o mundo e introduzindo os produtos competitivos da ISK no portfólio da Ourofino. A conclusão da operação está sujeita a condições precedentes e ajustes usuais em operações dessa natureza. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink