Novo fungicida promete controlar doenças no cultivo de grãos

LANÇAMENTO

Novo fungicida promete controlar doenças no cultivo de grãos

Produto apresentou ótimos índices de produtividade em trigo e cevada
Por: -Eliza Maliszewski
1359 acessos

A Bayer anunciou que recebeu o primeiro registro mundial do Ministério das Indústrias Primárias da Nova Zelândia para um novo fungicida com a tecnologia iblon ™. O isoflucypram tem apresentado ótimo desempenho no controle de doenças no cultivo de grãos, resultando em plantas mais saudáveis e com produtividade acima do padrão de mercado existente. 

O produto estará disponível na Nova Zelândia para a safra de cereais 2019/2020. Ainda está em vista o lançamento de fungicidas com a mesma tecnologia em outros importantes produtores de grãos mundiais.

O produto foi pensado nos desafios diários dos produtores como recursos naturais limitados, preços instáveis de commodities e mudanças climáticas e que precisam de soluções inovadoras e personalizadas para suprir a demanda de alimentar uma crescente população mundial com cereais de alta qualidade. “O mercado mundial de cereais exige maior qualidade e produção de grãos. Além da pressão de riscos climáticos, como a seca, as doenças fúngicas podem causar perdas significativas de produtividade e reduções de qualidade”, disse Hartmut van Lengerich, chefe global de Gerenciamento de Ativos de Proteção de Culturas da Bayer. 

O isoflucypram tem eficácia notável e duradoura contra as principais doenças fúngicas economicamente importantes. Os testes de campo mostraram excelente eficácia contra as principais doenças foliares, como manchas nas folhas, manchas líquidas, ferrugem amarela e ferrugem marrom. O controle da doença resulta em um período prolongado de retenção de folhas verdes, configurando a colheita para o potencial máximo de produtividade. Na safra 2018/19, o aumento médio da produção de trigo, por exemplo, foi de incremento de 0,5 t / ha e de cevada, 0,25 t / ha. O isoflucypram ainda tem baixas taxas de aplicação em trigo, cevada, triticale e azevém.

"A posição da Bayer como inovadora líder na agricultura nos deu a oportunidade única de oferecer aos cultivadores de cereais na Nova Zelândia o melhor fungicida SDHI do setor", explicou Neil Waddingham, gerente de marketing de clientes da Bayer Nova Zelândia. “
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink