Novo herbicida é alternativa contra capim amargoso

CLETODIM

Novo herbicida é alternativa contra capim amargoso

Daninha causa perda de produtividade da soja que pode atingir até 80% da safra
Por: -Leonardo Gottems
22379 acessos

Com pesquisas indicando até 100% de erradicação de Capim-amargoso (Digitaria insularis) na soja, foi lançado essa semana o Freno 240 EC. Tendo como princípio ativo o Cletodim, esse herbicida controla gramíneas anuais e perenes através de ação pós-emergente e sistêmica, sendo altamente seletivo. 

De acordo com a fabricante, Rotam do Brasil, o produto possui recomendação para as culturas do algodão, alho, batata, café, cebola, cenoura, feijão, fumo, mandioca, melancia, soja e tomate. O Freno 240 EC também possui indicação para o manejo na pré-semeadura (dessecação) da soja.

Para comprovar a eficácia do herbicida, a equipe da Rotam testou o produto em sua estação experimental credenciada pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), em Artur Nogueira-SP. Associado ao glifosato no controle de Capim-amargoso na cultura da soja, os resultados apontaram que após 29 dias da aplicação do tratamento a eficiência foi de 100% na erradicação da erva daninha. 

“Percebemos com esse experimento que o produto apresenta resultados benéficos ao produtor. Esta é uma nova ferramenta que ele tem à disposição para melhorar a produtividade da lavoura”, conclui Lucas Ferreira, coordenador de marketing da multinacional com sede em Hong Kong e polo de fabricação na China.

O Capim-amargoso é um problema frequente no País e na maioria das vezes é resistente ao ingrediente ativo glifosato. Esta planta invasora, conforme explica o responsável pela estação de pesquisa da Rotam, Carlos Guarnieri, é comum em várias regiões do Brasil, principalmente no Sudeste, infestando as principais lavouras anuais e perenes. “A perda de produtividade da soja, por exemplo, pode atingir até 80% da safra. Esta é uma espécie com capacidade reprodutiva, a planta pode chegar a produzir 100 mil sementes”, conclui.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink