Bula Espalhante Adesivo Du Fol

acessos
Nonil fenol polietileno glicol éter
1508793
Bio Soja

Composição

Éter Poliglicolico de Nonifenol (NONIFENOL) 150 g/L Alquil fenol poliglicoléter

Classificação

Adjuvante, Espalhante adesivo
III - Medianamente tóxico
IV - Produto pouco perigoso ao meio ambiente
Não inflamável
Não corrosivo
Concentrado Solúvel (SL)
Adjuvante, Espalhante adesivo, Melhorar as propriedades dos produtos pulverizados
Alface Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
10 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Alfafa Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
20 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Algodão Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
20 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Amendoim Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
20 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Banana Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
30 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Batata Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
10 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Berinjela Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
10 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Café Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
30 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Cana-de-açúcar Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
30 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Cebola Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
30 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Citros Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
30 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Fumo Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
10 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Maçã Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
20 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Menta Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
20 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Milho Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
20 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Pêssego Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
20 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Pimentão Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
30 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Repolho Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
30 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Soja Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
20 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado
Tomate Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Não classificado
(Não classificado)
10 mL p.c./ha - - - Sem restrições. Deverão respeitar rigorosamente as indicações expressas nas bulas dos agrotóxicos aos quais o espalhante adesivo é adicionado

Frascos plásticos de 1 litro e baldes e bombonas de 20 litros.

INSTRUÇÕES DE USO/ CULTURAS/ PRAGAS/ DOENÇAS/ PLANTAS INFESTANTES/ DOSES:

Culturas: Tomate, batata, alface, berinjela, fumo, algodão, soja, milho, amendoim, alfafa, menta, pêssego, maçã, café, citros, banana, cana-de-açúcar, cebola, repolho e pimentão.

Pragas/ Doenças/ Plantas Infestantes:
Deverão ser rigorosamente respeitadas as indicações expressas nas bulas dos defensivos agrícolas, aos quais o Espalhante Adesivo Du Fol é adicionado.

Dose: Dose do i.a./ha = 15 g a 150 g

Doses de Aplicação:
Culturas: Tomate, batata, alface, berinjela, fumo: 10 mL/ha ou mL/100 L água. Algodão, soja, milho, amendoim, alfafa, menta, pêssego e maçã: 20 mL/ha ou mL/100 L água. Café, citros, banana, cana-de-açúcar, cebola, repolho, pimentão: 30 mL/ha ou mL/100 L água. Aplicação de Herbicidas em Pós-emergência: 50 a 100 mL/ha ou mL/100 L água.

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO:
Deverão ser rigorosamente respeitadas as indicações expressas nas bulas dos defensivos agrícolas, aos quais o Espalhante Adesivo Du Fol é adicionado.

MODO DE APLICAÇÃO:
O Espalhante Adesivo Du Fol é neutro, dispensando diluição prévia, pois mistura-se facilmente a qualquer solução de defensivos ou água.
O Espalhante Adesivo Du Fol deve ser usado nas dosagens recomendadas e adicionado como último componente às caldas de pulverização.

Equipamentos de aplicação:
Pulverizador costal, manual, motorizados ou tratorizados.

INTERVALO DE SEGURANÇA: Sem restrições.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS EM ÁREAS TRATADAS: (De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana- ANVISA/MS).

LIMITAÇÕES DE USO: Devido a natureza do ingrediente ativo, não existe limitações de uso.

PRECAUÇÕES GERAIS: Não coma, não beba e não fume durante o manuseio do produto. Não utilize equipamentos com vazamentos. Não desentupa bicos, orifícios e válvulas com a boca. Não distribua o produto com as mãos desprotegidas.

PRECAUÇÕES NO MANUSEIO: O produto é irritante para os olhos. Se houver contato do produto com os olhos, lave-os imediatamente e VEJA PRIMEIROS SOCORROS. Produto irritante para a pele. Use macacão com mangas compridas, óculos ou viseira facial, luvas, botas, avental impermeável e máscara apropriada.

PRECAUÇÕES DURANTE A APLICAÇÃO: Não aplique o produto contra o vento.Use macacão com mangas compridas, chapéu de aba larga, máscara apropriada, luvas e botas. Manuseie o produto em local arejado.

PRECAUÇÕES APÓS A APLICAÇÃO: Não reutilize a embalagem vazia. Mantenha o restante do produto adequadamente fechado, em local trancado, longe do alcance de crianças e animais. Tome banho, troque e lave as suas roupas.

PRIMEIROS SOCORROS: Ingestão: Provoque vômitos, dilua de 120 a 240 mL de água ou leite e em crianças não deverá exceder a 15 mL/kg, e procure logo o médico, levar a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. Olhos: Lavar os olhos durante 15 minutos e encaminhar ao serviço de oftalmologia, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. Inalação: Retirar o paciente do local. Nos casos de bronquites e pneumonites administrar oxigênio a 100% umidificado. Respiração assistida se necessário, e, vá ao médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto.

ANTÍDOTO: Não existe antídoto específico para intoxicações com Espalhante Adesivo Du Fol.

TOXICIDADE: Geralmente limitada a pele, olhos, boca e trato gastro-intestinal.

QUADRO CLÍNICO: Gastro-intestinal: Náuseas, vômitos, diarréias, em casos mais graves queimaduras de boca, esôfago e faringe devido sua ação alcalina. Pode ocorrer alcalose metabólica hipoclorêmica em conseqüência da perda de íons cálcio. Casos de colites também são registrados. Ocular: Irritação ocular com dor, edema, lacrimejamento e algumas vezes fotofobia. Dérmica: É o mais comum, podendo levar a dermatites ocupacionais com o uso prolongado. Respiratória: Irritação pulmonar podendo apresentar dispnéia, tosse, bronquite e pneumonite. Imunológica: Reação anafilática.

EXAMES SUBSIDIÁRIOS: Dosagem de eletrólitos (principalmente Ca). Gasometria arterial. Raio X de tórax. Provas de função pulmonar.

TRATAMENTO MÉDICO: Equilibrar função cardio-vascular e respiratória. Prevenção da Absorção: Diluição de 120 a 240 mL de água ou leite e em crianças não deverá exceder 15 mL/kg . Emese: Poderá ser espontânea. Esofagoscopia: Determinar a extensão da queimadura. Gluconato de cálcio endo-venoso, 100 mg em 30 segundos, numa dose máxima de 1 g. Ficar atento a bradicardia. Inalação: Retirar o paciente do local. Nos casos de bronquites e pneumonites administrar oxigênio a 100% umidificado. Respiração assistida se necessário. Ocular: Lavar os olhos durante 15 minutos e encaminhar ao serviço de oftalmologia. Reação alérgica: Anti-histamínicos e corticóides.

TELEFONES DE EMERGÊNCIA:Centro de Controle de Intoxicações - UNICAMP: Fone / Fax (19) 3788-7573. Telefone da Empresa: (16) 687-1811 / Fax (16) 687-1814.

DADOS RELATIVOS À PROTEÇÃO DA SAÚDE HUMANA: Mecanismo de ação: Possui ação cáustica, logo produz efeito corrosivo em faringe, esôfago e pulmões. Absorção: Dérmica e oral. Excreção: Urina e fezes. Efeitos Agudos: Faringites, esofagites, bronquites, pneumonites, reações alérgicas e irritação ocular. Efeitos crônicos: Anormalidades reversíveis no trato GI (atrofia de glândulas e vilosidades). Efeitos colaterais: Tetania, abortivo e defeitos congênitos.

PRECAUÇÕES DE USO E ADVERTÊNCIAS QUANTO AOS CUIDADOS DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE: Este produto e POUCO PERIGOSO ao meio ambiente. Evite a contaminação ambiental - Preserve a Natureza. Nao utilize equipamento com vazamentos. Aplique somente as doses recomendadas. Não aplique o produto na presença de ventos fortes ou nas horas mais quentes. Não lave as embalagens ou equipamento aplicador em lagos, fontes, rios e demais corpos d'agua. De a destinação adequada para as embalagens e restos do produto - siga as instruções da bula. Em caso de acidente siga corretamente as instruções constantes na bula.

INSTRUÇÕES DE ARMAZENAMENTO: Mantenha o produto em sua embalagem original. O local deve ser exclusivo para produtos tóxicos, devendo ser isolado de alimentos, bebidas ou outros materiais. A construção deve ser de alvenaria ou de material não comburente. O local deve ser ventilado, coberto e ter piso impermeável. Coloque placa de advertência com os dizeres: CUIDADO VENENO. Trancar o local, evitando o acesso de pessoas não autorizadas, principalmente crianças. Deve haver sempre sacos plásticos disponíveis, para envolver adequadamente embalagens rompidas ou para o recolhimento de produtos vazados. Em caso de armazens maiores, deverão ser seguidas as instruções constantes da NBR 9845127. Observe as disposições constantes da legislação estadual e municipal.

INSTRUÇÕES EM CASO DE ACIDENTES: Contacte as autoridades locais competente e a Empresa. Utilize o EPI (macacão de PVC, luvas e botas de borracha, óculos protetores e máscara contra eventuais vapores). Isole e sinalize a área contaminada. Em caso de derrame sobre:

Piso pavimentado: jogue serragem ou areia sobre o prôduto derramado, recolha-o com auxílio de uma pá, coloque em tambores ou recepientes devidamente lacrados e identificados. Remova para área de descarte de lixo químico. Lave o local com grande quantidade de agua;

Solo: retire, com o auxílio de uma pá, as camadas de terra contaminada e coloque em tambores ou recipientes lacrados e identificados;

Água - interrompa imediatamente o consumo humano e animal e contacte o centro de emergência da empresa, visto que as medidas a serem adotadas dependem das proporções do acidente, das características do recurso hídrico em questão e da quantidade do produto envolvido.

Em caso de incêndio, use extintores de água em forma de neblina, CO2 ou pó químico, ficando a favor do vento para evitar intoxicação.

DESTINACÃO ADEQUADA DE RESÍDUOS E EMBALAGENS: As embalagens deverão ser enxaguadas três vezes e a calda resultante acrescentada à preparação para ser pulverizada (tríplice lavagem).

As embalagens, depois de enxaguadas, devem ser destruídas e enterradas em fosso para lixo tóxico. O local para construção do fosso deve ser distante de casas, de instalações ou de qualquer fonte de água, fora do trãnsito de pessoas ou animais, porém de fácil acesso e onde não se preveja o aproveitamento agrícola, mesmo em longo prazo. O local não deve ser sujeito a inundações ou acúmulos de agua. O solo deve ser profundo e de permeabilidade média para permitir uma percolação lenta e degradação biológica do agrotóxico. Abrir um fosso de 1 a 2 metros de profundidade, comprimento e largura, não devendo exceder a 3 metros, de acordo com as necessidades. Ao redor do fosso cavar uma valeta, com escoadouro, para impedir a penetração de enxurradas. Reservar uma área suficiente para instalação de mais fossos, de acordo com a necessidade. Isolar a área com cerca de tela, para impedir a entrada de animais e dificultar a entrada de pessoas. Colocar uma placa de advertência (CAVEIRA) com os dizeres: CUIDADO LIXO TÓXICO. Antes de iniciar o uso do fosso e, após, cada 15 cm de material descartado, intercalar com camadas de cal virgem, calcáreo ou carvão para promover a neutralização. Completada a capacidade do fosso, cobrir com uma camada de 50 cm de terra e compactar bem. Uma camada adicional de 30 cm de terra deve ser colocada sobre o aterro, para que este fique acima do nível do terreno. Fica proibido o enterrio de embalagens em áreas de abrangência do PROGRAMA NACIONAL DE RECOLHIMENTO E DESTINAÇÃO ADEQUADA DE EMBALAGENS DE AGROTÓXICOS, consulte o órgão estadua e meio ambiente.

Deverão ser igorosamente respeitadas as indicações expressas nas bulas dos defensivos agrícolas, aos quais o Espalhante Adesivo Du Fol é adicionado.

Deverão ser igorosamente respeitadas as indicações expressas nas bulas dos defensivos agrícolas, aos quais o Espalhante Adesivo Du Fol é adicionado.

Compatibilidade

Não se conhecem casos de incompatibilidade.