Bula Furacarb 100 GR

acessos
Carbofuran
2003
FMC - Campinas

Composição

Carbofuran 100 g/kg Metilcarbamato de benzofuranila

Classificação

Inseticida, Nematicida
III - Medianamente tóxico
II - Produto muito perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Granulado (GR)
Sistêmico
Banana Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Moleque da bananeira
(Cosmopolites sordidus)
1,5 a 2,5 g p.c. / isca - - - 30 dias. Aplicação em cova ou na planta
Nematóide
(Helicotylenchus multicinctus)
40 g p.c. / cova - - - 30 dias. Aplicação na cova
Nematóide carvenícola
(Radopholus similis)
40 g p.c. / cova - - - 30 dias. Aplicação na cova
Nematóide das galhas
(Meloidogyne javanica)
40 g p.c. / cova - - - 30 dias. Aplicação na cova
Café Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Bicho mineiro
(Leucoptera coffeella)
8 a 25 kg p.c./ha - - Final das chuvas. 90 dias. Início do período das chuvas
Nematóide
(Meloidogyne exigua)
16 a 33 kg p.c./ha - - Final das chuvas. 90 dias. Início do período das chuvas
Nematóide das galhas
(Meloidogyne incognita)
16 a 33 kg p.c./ha - - Final das chuvas. 90 dias. Início do período das chuvas
Cana-de-açúcar Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca da cana
(Migdolus fryanus)
30 kg p.c./ha - - Único. 90 dias. Aplicação incorporada ao solo
Cupim
(Heterotermes tenuis)
30 kg p.c./ha - - Único. 90 dias. Aplicação incorporada ao solo
Nematóide
(Pratylenchus zeae)
30 kg p.c./ha - - Único. 90 dias. Aplicação incorporada ao solo
Nematóide das galhas
(Meloidogyne javanica)
30 kg p.c./ha - - Único. 90 dias. Aplicação incorporada ao solo
Nematóide das galhas
(Meloidogyne incognita)
30 kg p.c./ha - - Único. 90 dias. Aplicação incorporada ao solo

Tubo fibro-metálico de 0,5 Kg e sacos de papel e plástico de 400 g, 10 Kg e 25 Kg.

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÕES:

Para as culturas do algodão, batata, cenoura, fumo, repolho, tomate, trigo e cana-de-açúcar, deve-se aplicar o produto incorporado ao solo.
Para a cultura do arroz irrigado, deve-se aplicar após inundação e/ou aparecimento das pragas com equipamento de aplicação manual, terrestre ou aéreo. Manter a água fechada por 48 horas.
Para cultura do café a variação de dose depende da idade do cafezal, sendo as doses de 25 kg/ha (bicho mineiro) e 33k g/ha (nematóide) usada para cafeeiros adultos. A aplicação mecânica incorporando o produto ao solo ao redor do pe de café sob a projeção da saia do cafeeiro. Deve-se aplicar o produto no inicio das chuvas e antes do fim das chuvas.
Para cultura da banana, para controle de nematóide aplicação deve ser feita na cova de plantio ou próximo ao pseudocaule com incorporação do produto no solo. Para controle do Moleque-da-bananeira a aplicação deve ser feita com o uso de iscas tipo telha, obtidas do pseudocaule de bananeiras que já produziram, e colocadas em cada 4 plantas ou covas.

EQUIPAMENTOS DE APLICAÇÃO: Deve-se aplicar o produto através do uso de granuladeiras e matracas. Para cultura do arroz irrigado é permitida aplicação aérea.

LIMITAÇÕES DE USO: Furacarb 100 GR não deve ser aplicado junto a produtos de natureza alcalina. Deve-se aguardar um intervalo de 21 dias após a germinação para se aplicar herbicidas a base de propanil guardando-se também um intervalo de 3-5 dias para a aplicação do produto após o uso de propanil.

PRECAUÇÕES GERAIS: Não coma, não beba e não fume durante o manuseio do produto. Não utilize equipamentos com vazamento. Não desentupa bicos, orifícios e válvulas com a boca. Não distribua o produto com as mãos desprotegidas. Uso exclusivamente agrícola. Não transporte esse produto juntamente com alimentos, medicamentos, bebidas, rações, animais e pessoas. Não utilize equipamentos de proteção (EPI's) danificados

PRECAUÇÕES NO MANUSEIO: Use protetor ocular. O produto é irritante para os olhos. Se houver contato do produto com os olhos, lave-os imediatamente, VEJA PRIMEIROS SOCORROS. Use máscaras cobrindo o nariz e a boca. Produto perigoso se inalado ou aspirado. Caso o produto seja inalado ou aspirado, procure local arejado e VEJA PRIMEIROS SOCORROS. Use luvas de neoprene ou nitrila - Produto irritante para a pele. Ao contato do produto com a pele, lave-a imediatamente e VEJA PRIMEIROS SOCORROS. Ao abrir a embalagem, faça de modo a evitar que o produto se espalhe. Use macacão com mangas compridas, chapéu de aba larga, óculos ou viseira facial, luvas, botas, avental impermeável e máscara apropriada.

PRECAUÇÕES APÓS A APLICAÇÃO: Não reutilize a embalagem vazia. Mantenha o restante do produto em sua embalagem original adequadamente fechado em local trancado, longe do alcance de crianças e animais. Tome banho, troque e lave suas roupas contaminadas separadas das demais roupas do restante da família ou de uso diário.

PRIMEIROS SOCORROS: INGESTÃO: Não provoque vômito e procure o médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. OLHOS: Lave com água em abundância e procure o médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. PELE: Lave com água e sabão em abundância e procure o médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. INALAÇÃO: Procure lugar arejado e vá ao médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto.

ANTIDOTO/TRATAMENTO (Informações PARA USO MEDICO): ATROPINA E ANTIDOTO DE EMERGENCIA EM CASO DE INTOXICACAO. NUNCA ADMINISTRE ATROPINA ANTES DO APARECIMENTO DOS SINTOMAS DE 1NTOXICACAO. Se o acidentado parar de respirar, aplique imediatamente respiração artificial. Transporte-o imediatamente para assistência médica mais próxima.
SULFATO DE ATROPINA - Aplicar pelas vias intramuscular ou intravenosa (eventualmente também via oral); 1 a 6 mg cada 5 a 30 minutos, ate atropinizacao leve.
CONTRA-INDICAÇOES - oximas (contrathion), morfina, aminofilina, tranquilizantes.
MECANISMOS DE ACAO, ABSORCAO E EXCRECAO PARA O SER HUMANO:
O CARBOFURAN, pertencendo ao grupo dos N-metilcarbamatos, age como inibidor da colinesterase. Esta inibição, ao contrario daquela causada pelos organofosforados, a reversível, e os efeitos do CARBOFURAN nao são cumulativos, ou seja, não ocorre depressão crônica da colinesterase resultante de exposições repetitivas ao produto. A principal via de absorção e a dérmica.
E rapidamente metabolizado e excretado principalmente pela urina. A duração do intervalo entre exposição e o aparecimento de sinais e sintomas esta relacionada com a dose. Pode variar de alguns minutos a 1 hora. A duração dos sintomas, que corresponde a metabolização do produto, também depende da dose. Em casos de intoxicação moderada, a recuperação espontânea ocorre entre 1 a 4 horas.
EFEITOS AGUDOS E CRONICOS:
Os efeitos agudos (sintomas de alarme) são aqueles causados pela inibição da colinesterase, ou seja, dor de cabeça, fraqueza, náuseas, tonturas e posteriormente constrição das pupilas, tremores, salivação e transpiração excessivas, cólicas abdominais, diarréia.
Como dito anteriormente, os efeitos do CARBOFURAN não são cumulativos, pois a depressão de colinesterase a reversível (6 a 24 horas).

EFEITOS COLATERAIS: Por não ser de finalidade terapêutica, não há como caracterizar seus efeitos colaterais.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente (IBAMA/MMA)

Incluir outros métodos de controle de insetos (Ex. controle cultural, biológico, etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Pragas, quando disponível e apropriado.

Qualquer agente de controle de insetos pode se tornar menos efetivo ao longo do tempo, se o inseto desenvolver algum mecanismo de resistência. O Comitê Brasileiro de Ação a Resistência a Inseticidas - IRAC-BR, recomenda as seguintes estratégias de manejo de resistência visando prolongar a vida útil dos inseticidas:
- Qualquer produto para controle de inseto, da mesma classe ou modo de ação, não deve ser utilizado em gerações consecutivas da praga.
- Usar somente doses recomendadas na bula/rótulo
- Consultar sempre um Engenheiro Agrônomo para orientação sobre Manejo de Resistência a Inseticidas.