Bula Pherodis HA - Koppert

Bula Pherodis HA

acessos
(Z)-11 hoxadecenal; (Z)-9- hexadecenal; (Z)-7-hexadecenal
23018
Koppert

Composição

(Z) – 9 – Hexadecenal (Z9 – 16: Ald); (Z) – 11 – Hexadecenal (Z11 – 16: Ald); (Z) – 11 – Hexadecenal (Z11 – 16:OH); Hexadecenal (16: Ald) 7.36 g/kg Aldeído insaturado

Classificação

Feromônio
IV - Pouco tóxico
IV - Produto pouco perigoso ao meio ambiente
Não inflamável
Não corrosivo
Feromônio

Todas as culturas com ocorrência do alvo biológico Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Helicoverpa
(Helicoverpa armigera)
1 armadilha/ha - - 1 armadilha/ha. Caso a área tenha menos que 1 ha, utilizar no mínimo 2 armadilhas. Não determinado. Para monitoramento da presença da praga na cultura
Lagarta da espiga do milho
(Helicoverpa zea)
1 armadilha/ha - - 1 armadilha/ha. Caso a área tenha menos que 1 ha, utilizar no mínimo 2 armadilhas. Não determinado. Para monitoramento da presença da praga na cultura
Lagarta da maçã
(Heliothis virescens)
1 armadilha/ha - - 1 armadilha/ha. Caso a área tenha menos que 1 ha, utilizar no mínimo 2 armadilhas. Não determinado. Para monitoramento da presença da praga na cultura

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO:

PHERODIS HA é um produto indicado para o monitoramento da lagarta Helicoverpa armigera. Os septos
liberam o aroma do feromônio sexual espécie-específico. Esse aroma atrai os machos adultos da espécie
para a armadilha. Uma vez em contato com a armadilha, eles ficam presos a placa adesiva, tornando
possível a identificação, detecção e contagem dos mesmo. Não há limitações quanto a intervalo de
segurança.

INTERVALO DE SEGURANÇA:
Não determinado devido à modalidade de empego.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NA CULTURA E ÁREAS TRATADAS:
Não determinado devido à modalidade de emprego.

LIMITAÇÕES DE USO:
Fitotoxicidade: não são conhecidos casos de fitotoxicidade.

INFORMAÇÕES SOBRE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL A SEREM UTILIZADOS:
(Vide recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana - ANVISA/MS)

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.