Bula Rabcide 200 - Arysta Lifescience
CME MILHO (SET/20) US$ 3,076 (-1,22%)
| Dólar (compra) R$ 5,41 (1,29%)

Bula Rabcide 200

Ftalida
2602
UPL

Composição

Ftalida 200 g/L

Classificação

Terrestre/Aérea
Fungicida
4 - Produto Pouco Tóxico
III - Produto perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Suspensão Concentrada (SC)
Contato

Arroz

Calda Terrestre Dosagem
Pyricularia grisea (Brusone)

Garrafas ou bombonas de polietileno de 1, 5 e 20 L. Frasco plástico ou metálico de 0,1; 0,15; 0,2; 0,25; 0,5; 1,5; 2,5; 2 e 3 L. Bombona, Balde plástico ou metálico de 4, 8, 10, 15, 25 e 50 L. Tambores plásticos ou metálicos de 100, 200, 250, 500 e 1000 L.

INSTRUÇÕES DE USO

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO

As aplicações devem ser feitas nas seguintes épocas:
1ª aplicação – do fim do perfilhamento ao início do emborrachamento.
2ª aplicação – no fim do emborrachamento (15 a 20 dias após a 1ª época citada, fazer uma ou duas aplicações, com as mesmas dosagens referidas).

MODO DE APLICAÇÃO

RABCIDE 200 deve ser aplicado em pulverização na cultura do arroz.
a) Via terrestre: Usar o pulverizador tratorizado de barra com bicos cônicos, como XH-4 ou D2-13 com tamanho das partículas em torno de 90 – 100 µs e densidade de 60 gotas/cm2 , gastando-se 200 – 300 L de calda por hectare. Usando-se outros tipos de equipamentos, procurar obter pulverizações com cobertura uniforme da parte aérea das plantas.
b) Via aérea:
Uso de barra ou atomizador rotativo “micronair”.
Volume de aplicação: 30 – 40 L/há.
Altura do vôo: com barra de 2 – 3 m Micronair: 3 – 4 m.
Largura da faixa de deposição efetiva: 20 m.
Tamanho/densidade de gotas: 60 – 80 µs e densidade de gotas de 80 gotas/cm².
Condições climáticas: o diâmetro de gotas deve ser ajustado para cada volume de aplicação (L/ha) para proporcionar a adequada densidade de gotas, obedecendo ventos de até 10 km/hora.
Temperatura e umidade relativa, visando reduzir o mínimo de perda por deriva e evaporação. No caso de barra, usar bicos cônicos pontas D6 e D12, disco (core), inferior a 45º. Usando-se micronair, o número de atomizadores deve ser de 4 (quatro), onde para o ajuste do regulador de vazão (VRU), pressão e ângulo de pá, seguir o ajuste do regulador de pressão (VRU), pressão e ângulo de pá, seguir tabela sugerida pelo fabricante.
O sistema de agitação do produto no tanque deve ser mantido em funcionamento durante toda a aplicação.

OBS: Seguir essas condições de aplicação. No caso de dúvida, consultar um Engenheiro Agrônomo.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Arroz 20 dias

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

Mantenha afastados das áreas de aplicação, crianças, animais domésticos e pessoas desprotegidas, enquanto as plantas tiverem molhadas, após aplicação do produto.

LIMITAÇÕES DE USO

Fitotoxicidade: ausente para a cultura na dosagem indicada.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Incluir outros métodos de controle de doenças (Ex. controle cultural, biológico, etc.) dentro do
programa de Manejo Integrado de Doenças (MID), quando disponível e apropriado.

Seguir as recomendações atualizadas de manejo de resistência do FRAC -BR (Comitê de Açã
Resistência a Fungicidas -Brasil). Qualquer agente de controle de doenças pode ficar menos efetivo ao longo do tempo devido ao desenvolvimento de resistência. O Comitê Brasileiro de Ação a Resistência a Fungicidas (FRAC -BR) recomenda as seguintes estratégias de Manejo de Resistência visando prolongar a vida útil dos fungicidas :
. Qualquer produto para controle de doenças, da mesma classe ou de mesmo modo de ação, não deve ser utilizado em aplicações consecutivas do mesmo patógeno, no ciclo da cultura.
. Utillizar somente as doses recomendadas na bula/rótulo.
. Sempre consultar um profissional legalmente habilitado para orientação sobre as recomendações locais para o Manejo de Resistência.