Geoestatística aplicada à gestão ambiental da fertilidade e de fitonematoides na cafeicultura do cerrado

Café

Geoestatística aplicada à gestão ambiental da fertilidade e de fitonematoides na cafeicultura do cerrado

Geoestatística aplicada à gestão ambiental da fertilidade e de fitonematoides na cafeicultura do cerrado
Por:
834 acessos

A geoestatística contribui para uma maior eficiência na aplicação de fertilizantes e defensivos na cafeicultura, conseguindo, com o auxílio desta técnica, trabalhar a necessidade pontual dos atributos do solo na propriedade. Permite também descrever com precisão a distribuição espacial dos atributos químicos e de atributos biológicos do solo, como, por exemplo, os nematoides. Assim, o objetivo do estudo foi verificar a dependência espacial e elaborar modelos geoestatísticos que proporcionam o uso eficiente de corretivos, fertilizantes, nematicidas na cafeicultura, com o intuito de ajudar na preservação dos recursos naturais, contribuindo assim para uma cafeicultura sustentável. Buscou-se, também, correlacionar a população de nematoides com os níveis de fertilidade do solo.

Autor: Almeida, Leandro da Silva

Veja na integra clicando aqui.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink