14ª Agrovinos de Bagé conta com participação da Emater/RS-Ascar
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
EVENTO

14ª Agrovinos de Bagé conta com participação da Emater/RS-Ascar

O evento contará com desfile e oficinas de artesanato em lã ovina e Concurso de Culinária Campeira
Por:

Marcando presença na 14ª Agrovinos de Bagé, a Emater/RS-Ascar promoverá na próxima quinta e sexta-feira (13 e 14/01) atividades voltadas à Ovinocultura no Parque da Associação e Sindicato Rural de Bagé. O evento contará com desfile e oficinas de artesanato em lã ovina e Concurso de Culinária Campeira.

Sendo três oficinas, a experiência de feltragem em bijus é a primeira a ser apresentada na quinta-feira (13/01), às 16h, pela gestora da Rede Centro Integrado de Artesanato em Lã, Eliane Pacheco. Já na sexta-feira (14/01), a partir das 14h, a artesã Suélen Tomazzini ensinará a técnica de feltragem molhada e, às 16h, a artesão Clair Schneid trabalhará com a técnica da tecelagem.

Com a participação da loja Fina Estampa, o Ateliê Pampa Lã e as marcas de roupas Dona Rufino e Rusti Lã, o Agrovinos terá durante a quinta-feira (13/01), às 19h, desfile de peças de artesanato em lã. Seu objetivo busca valorizar a produção do artesanato local.

Já o Concurso de Culinária Campeira, que acontecerá na sexta-feira (14/01) às 12h, trará duas modalidades, a de prato com carne ovina e a de doces campeiros. Em parceria com a Sicredi e a Pousada do Sobrado, contará com premiações em dinheiro, sendo o primeiro lugar da modalidade de prato com carne ovina, no valor de R$ 350,00, e o segundo lugar, de R$ 250,00. Na de doce, o colocado da primeira posição receberá R$ 200,00 e o segundo, R$ 100,00.

Segundo a extensionista rural Ana Rosa Sonaglio, a Agrovino permite a oportunidade de o pecuarista familiar mostrar o seu trabalho do dia a dia, com desenvolvimento sustentável, através da criação de ovinos de qualidade, tanto para a comercialização da carne, como da lã. ?Destacamos o artesanato em lã como um patrimônio cultural do Rio Grande do Sul, que faz parte da ação Lãs RS. O artesanato, além de agregar renda à matéria prima da lã, possibilita uma infinidade de opções, seja artigos decorativos, confecção de vestuário, cama e mesa?, analisa Ana Rosa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.