Chicago baixa preço do milho para exportação
CI
Imagem: Pixabay
MERCADO INTERNACIONAL

Chicago baixa preço do milho para exportação

Em relação ao milho paraguaio, foram vistos negócios no Oeste do Paraná e em Asunción
Por: -Leonardo Gottems

Com a queda das cotações da Bolsa de Chicago e um leve recuo de 2 cents no prêmio, os preços do milho brasileiro para exportação tiveram queda, nesta sexta-feira, de acordo com a TF Agroeconômica. “Os embarques para julho recuaram US$ 1/t para US$ 286/t (equivalente hoje a aproximadamente a R$ 81,83 no porto); agosto também recuou US$ 1/t a US$ 321 e setembro subiu US$ 1/t para US$ 325, nos portos de Santos ou Tubarão-ES. Com o recuo dos preços e dos vendedores, poucos negócios conhecidos nesta sexta-feira", comenta.

Na Argentina, os preços recuaram nesta sexta-feira. “Os negócios de milho são feitos com base em prêmios, mas nós os convertemos aqui em US$/t para dar uma ideia do que poderiam significar em termos de custo efetivo para os importadores brasileiros. Com a queda nos prêmios e nas cotações em Chicago os preços para os navios Handysize a de julho recuaram US$ 3/t para US$ 296/t. Já para agosto o preço recuou também US$ 1/t para US$ 298 e setembro recuou US$ 13/t para US$ 286. Para safra nova, em março23, não houve cotação. Para os navios Panamax, os preços recuaram US$ 1/t para US$ 308/t para julho e recuaram US$ 2/t para US$ 310 para agosto”, completa.

Em relação ao milho paraguaio, foram vistos negócios no Oeste do Paraná e em Asunción. “O cereal apresentou leve recuperação no mercado interno, com a FAS refletindo números acima das melhoras da CBOT, mas houve novos negócios a US$ 250 em Asunción nesta semana. O mercado brasileiro manteve números estáveis no fechamento do dia anterior, com um pequeno revés, onde os valores são mais atraentes que o FAS (negociado US$ 290 Oeste SC), mas grande parte dos vendedores teme a logística alfandegária para o Brasil e uma possível explosão nas tarifas de frete”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.