Com disparidade entre os preços, indicador do algodão oscila
CI
Imagem: Pixabay
EM PLUMA

Com disparidade entre os preços, indicador do algodão oscila

Atentos às volatilidades dos preços externos e do dólar frente ao Real, vendedores brasileiros ora estão mais flexíveis em seus pedidos ora elevam os preços, sobretudo algumas tradings que disponibilizam lotes no mercado interno
Por: -Aline Merladete

O Indicador CEPEA/ESALQ do algodão em pluma (pagamento em oito dias) vem oscilando no mercado brasileiro, diante da forte disparidade entre os valores de compra e de venda no spot. Ao longo da semana passada, essa “queda de braço” e o feriado da quinta-feira, 21 (Tiradentes), mantiveram baixa a liquidez doméstica.

Conforme os dados do Cepea, atentos às volatilidades dos preços externos e do dólar frente ao Real, vendedores brasileiros ora estão mais flexíveis em seus pedidos ora elevam os preços, sobretudo algumas tradings que disponibilizam lotes no mercado interno. Ainda assim, conforme colaboradores do Cepea, vendedores estão mais ativos que compradores, uma vez que indústrias apontam dificuldades no repasse de novos reajustes da matéria-prima aos seus produtos.

Dessa forma, parte das empresas pressiona os valores no spot e/ou se mantém fora do mercado, usando estoques e/ou a pluma de contratos a termo. Entre 19 e 26 de abril, o Indicador CEPEA/ESALQ subiu 0,4%, fechando a R$ 7,2172/lp nessa terça-feira, 26. Já no acumulado parcial de abril, o Indicador registra baixa de 0,57%. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.