Como vem o trigo?
CI
Imagem: Paulo kurtz/ Embrapa
SEGURANÇA ALIMENTAR

Como vem o trigo?

Cereal de inverno está no centro das atenções mundiais pela crise de abastecimento com a guerra na Ucrânia
Por: -Leonardo Gottems

O Paraná atingiu, na semana encerrada em 30 de maio, nada menos que 61% de trigo plantado dos 1.172.550 hectares previstos para essa safra no estado, informou o mais recente boletim do Departamento de Economia Rural do estado do Paraná (Deral). O resultado representou avanço de oito pontos percentuais na comparação com os 53% que haviam sido registrados na semana anterior. 

De acordo com Deral-PR, impressionantes 98% do cereal de inverno está em boa condição e apenas 2% é avaliado como mediana. Não foram registradas lavouras de trigo em condições ruins. Sobre as fases em que se encontram, 20% estão em germinação, 79% em desenvolvimento vegetativo e 1% em floração, sendo zero em frutificação e zero maturação.

RUIM NOS ESTADOS UNIDOS

O relatório semanal de acompanhamento das culturas, divulgado nesta terça-feira pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), registrou que a soma das condições “boa+excelente” do trigo de inverno dos Estados Unidos é de 29%, melhora de um ponto percentual em relação à semana passada, mas piora de 19 pontos percentuais em relação à média histórica dos últimos cinco anos.

E COMO ESTÁ O MERCADO?

A semana tem sido de raros negócios reportados nos estados da Região do Sul do Brasil, com os vendedores pedindo de R$ 2.150,00 a R$ 2.200,00 no interior e compradores, em função das baixas nos mercados, indicando R$ 2.120,00. “Negócios só saem com prazos mais largos – setembro, entrega julho, pagamento setembro – a R$ 2.200 FOB, equivalente a R$ 2.290 CIF. Fora isso, mercado parado”, aponta a Consultoria TF Agroeconômica.

“No mercado futuro de trigo, para exportação, no melhor momento, indicou-se R$ 1.950,00 e fechou em R$ 1.930,00 entrega novembro e pagamento dezembro. Em Santa Catarina os moinhos tentam se abastecer no Rio Grande do Sul com compras de oportunidade, que é onde o trigo está mais competitivo, mas o menor preço é de R$ 2.150 FOB, mais frete e ICMS”, concluem os analistas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.