Conab revisa safra de 8 culturas
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Marcel Oliveira

SAFRA

Conab revisa safra de 8 culturas

Maior variação é no trigo que teve a produção reajustada para cima
Por: -Eliza Maliszewski
5153 acessos

A safra 19/20 de algumas culturas foi revisada e sofreu variações para cima ou para baixo diante da estimada em julho pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Com uma safra recorde de 253,7 milhões de toneladas, com destaque para soja e milho, alguns plantios foram adequados de forma a aproveitar a oportunidade de mercado e rentabilidade.

VEJA: Produção de grãos bate novo recorde

Para cima

Principal cultura de inverno no país, a estimativa no trigo é que haja um incremento de área de 14,1%, quando comparada à safra passada.Com expectativa de produção de 6,3 milhões de toneladas em julho passou para 6,8 milhões de toneladas, com elevação dos números no Paraná. Apesar do início de julho ter sido marcado por expressivos volumes de chuvas, as lavouras estão em boas condições, com ótimo estande e potencial produtivo, favorecido pelo clima apresentado até agora.

Ainda nas culturas de inverno a cevada passou de 391 mil toneladas para 396 mil toneladas. O volume de triticale saiu de 43 mil toneladas para 45 mil toneladas. Em aveia a aposta inicial era de 1 milhão de tonelada e deve fechar em 1,1 milhão de tonelada, sendo o maior volume já colhido no país. 

A produção de mamona também cresceu. De 33 mil toneladas no mês anterior para 40 mil toneladas, sendo 8 mil a mais só na Bahia. O girassol passou de 75 para 85 mil toneladas, com aumento de área plantada em Goiás.

Para baixo

O boletim de agosto aponta que o sorgo terá produção de 2,5 milhões de toneladas. No mês anterior a previsão era de 2,6 milhões de toneladas. A produção da Bahia, no entanto, cresceu. Passou de 107 mil toneladas para 146 mil toneladas.

A expectativa no gergelim também ficou menor, de 127, 5 mil toneladas em julho para 115 mil toneladas no novo levantamento.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink