Expointer encerra com volume de negócios de R$ 1,92 bilhão

Agronegócio

Expointer encerra com volume de negócios de R$ 1,92 bilhão

Cerca de 355 mil visitantes passaram pelo parque na 39ª edição
Por:
1289 acessos

 A 39ª edição da Expointer, no Parque Assis Brasil, em Esteio, encerrou neste domingo com volume de negócios de R$ 1,92 bilhão. O número foi divulgado na coletiva de encerramento realizada no Parque Assis Brasil pelo secretário estadual da agricultura e pecuária, Ernani Polo. Segundo ele, o setor de máquinas superou as expectativas e aumentou 12,95%, em comparação com a edição de 2015, com R$ 1,9 bilhão em vendas. No comércio de animais, o balanço ficou em torno de R$ 11 milhões, 24,97% abaixo da receita obtida no ano passado. Na Agricultura Familiar, o número foi de R$ 2,33 milhões. Na área de Artesanatos, foi movimentado mais de R$ 900 mil.

Ao contrário do final de semana de abertura, a 39ª edição da Expointer terminou com predomínio de nebulosidade neste doming. Segundo Polo, cerca de 355 mil visitantes estiveram presentes na feira, até o último levantamento feito nesta manhã. Nesse sábado, a feira recebeu em torno de 30 mil visitantes. No domingo, até o meio-dia, o registro foi de 15 mil pessoas.

O governador José Ivo Sartori esteve presente na coletiva de encerramento da 39ª edição da Expointer e avaliou a feira como positiva, apesar das crises financeiras que o Brasil enfrenta e  da chuva que persistiu durante a semana. "Mesmo com as dificuldades, temos que manter os eventos da cidade. É importante para elevação da auto estima da vida em uma comunidade e de quem trabalha no Rio Grande do Sul", afirmou. "Não importa se choveu ou não. É uma tradição da Expointer. Esta edição foi de superação e o ponto de partida para uma economia mais favorável. Crise a gente enfrenta tomando atitudes", comentou.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trânsito para o acesso ao Parque Assis Brasil foi grande, mas não tão intenso comparado ao final de semana passado. Não houve registros de super lotação nos estacionamentos e nem congestionamentos na BR 116.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink