Infocafé de 28/03/22.
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
INFOCAFÉ

Infocafé de 28/03/22.

A bolsa de N.Y. operou com forte baixa nesta segunda-feira (28), a posição maio oscilou entre a máxima de +1,10pts e mínima de -9,35 pontos, fechando em -7,30pts.
Por:

A bolsa de N.Y. operou com forte baixa nesta segunda-feira (28), a posição maio oscilou entre a máxima de +1,10pts e mínima de -9,35 pontos, fechando em -7,30pts.

O dólar fechou em alta de 0,53%, cotado a R$ 4,7716, nesta segunda-feira (28). No exterior, os preços do petróleo recuam 7% nesta segunda-feira, com os confinamentos impostos em Xangai para tentar reduzir a curva de contágio da Covid-19 alimentando preocupações de fraca demanda e de desaceleração econômica na China, com os investidores de olho também nas negociações de paz com a Rússia marcadas para esta semana na Turquia. O mercado financeiro piorou a projeção para a inflação e para a Selic em 2022. A estimativa para o IPCA no ano subiu de 6,59% para 6,86%. Para 2023, a previsão passou de 3,75% para 3,80%. Já a previsão para a taxa básica de juros da economia foi mantida em 13% ao ano para o final de 2022. O mercado manteve a estimativa de crescimento do PIB deste ano estável em 0,50%. A projeção para a taxa de câmbio no fim de 2022 recuou de R$ 5,30 para R$ 5,25. E para o fim de 2023, caiu de R$ 5,22 para R$ 5,20 por dólar. "O IPCA deve desacelerar em 12 meses apenas em maio, ou seja, saberemos apenas desse resultado em junho o que deve continuar pressionando as expectativas por mais uma alta na Selic", avaliou André Perfeito, economista-chefe da Necton. 

O mercado futuro do café arábica encerrou as negociações deste início de semana com forte recuo para os preços na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Depois de uma semana mais tranquila, as cotações encerraram o dia com desvalorização de 3,29% no exterior, o equivalente a mais de 700 pontos na Bolsa. De acordo com análise do site internacional Barchart, o mercado futuro do café arábica recuou após a divulgação de estimativa de safra do Rabobank. "Os preços do café continuaram pressionados depois que o Rabobank projetou na sexta-feira passada que a safra de café arábica do Brasil em 2022/23 aumentaria para 41,1 milhões de sacas", destacou a publicação. Além disso, os preços do café também sofreram pressão de queda de uma recuperação nos estoques de café depois que os estoques de café arábica monitorados pela ICE na sexta-feira passada subiram para uma alta de 1 mês e meio, e os estoques de robusta da ICE na sexta-feira passada subiram para uma alta de 2 meses e meio. Também dando suporte de queda ao café, odólar fechou em alta frente ao real nesta segunda-feira, embora distante das máximas da sessão, interrompendo uma longa sequência de baixas com amparo da força da moeda norte-americana no exterior, em dia marcado por receios sobre os próximos passos de política monetária do Federal Reserve, a guerra na Ucrânia e a disseminação da Covid-19 na China. Haroldo Bonfá, analista de mercado da Pharos Consultoria, acrescenta ainda que mercado já se antecipa e aguarda o relatório das exportações do mês de março, que podem vir com volumes significativos, apesar da entressafra no Brasil.  No Brasil, o mercado físico encerrou com desvalorização para os principais contratos nas principais praças de comercialização do país.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.