MSD Saúde Animal leva ao Show Rural Coopavel soluções tecnológicas para a suinocultura

Show Rural

MSD Saúde Animal leva ao Show Rural Coopavel soluções tecnológicas para a suinocultura

Companhia apresenta a primeira vacina injetável do mundo contra a Lawsonia intracellularis
Por:
53 acessos

Companhia apresenta a primeira vacina injetável do mundo contra a Lawsonia intracellularis, causadora da enteropatia proliferativa suína, doença que provoca grandes impactos econômicos

Entre os dias 04 e 08 de fevereiro, a MSD Saúde Animal participa da primeira grande feira do agronegócio do ano, o Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR). Em 2019, a participação da companhia será marcada pela apresentação de seu portfólio, especialmente, e dos lançamentos mais recentes, na área da suinocultura.

De 2015 até hoje a MSD Saúde Animal trouxe para o mercado brasileiro, oito novos produtos. Contando com um amplo portfólio, a companhia se destaca em inovação e no ano passado trouxe mais um produto exclusivo e inovador. Trata-se da PORCILIS® ILEITIS, a primeira vacina injetável do mundo contra a Lawsonia intracellularis, causadora da enteropatia proliferativa suína, ou ILEITE, uma doença que afeta os resultados econômicos em granjas de suínos.

Com fórmula exclusiva, a PORCILIS ® ILEITIS é o lançamento que a MSD Saúde Animal traz para o mercado e que controla até mesmo a manifestação subclínica da doença. De fácil aplicação, intramuscular individual e proteção prolongada, a vacina é administrada em uma única dose (2 ml) e oferece 20 semanas de proteção após a vacinação, ou seja, da fase de crescimento à terminação.

“A vacina atua protegendo o animal contra a Lawsonia intracellularis na fase inicial da doença, impedindo a colonização e também a excreção da Lawsonia”, diz Robson Gomes, gerente de produtos da MSD Saúde Animal.

A Enteropatia Proliferativa Suína traz grandes prejuízos ao suinocultor, reduzindo o ganho de peso e piorando a taxa de conversão alimentar. No Brasil, a principal forma de manifestação da doença é a subclínica, sendo silenciosa e devastadora. Os prejuízos estimados podem variar de R$ 6,5 até R$ 49,00, por leitão (de acordo com estudos publicados). 

“A MSD Saúde Animal traz uma nova forma de controlar a doença. A vacina é pronta para o uso, conveniente por ser de fácil aplicação, além de garantir manejo sanitário correto. Consideramos que a vacina intramuscular seja mais adequada para nossa realidade, pois a aplicação individual em doses padronizadas promove o estímulo imunológico padronizado para o rebanho”, diz Gomes.

Durante o evento, a MSD Saúde Animal apresentará os diferenciais do produto e trará atualização técnica sobre a doença.

“O produto chega como uma ferramenta eficaz no controle da Ileíte e também como um complemento essencial que pode colaborar com as estratégias de uso prudente de antibióticos na produção de suínos cada vez mais em conformidade com as exigências dos consumidores”, ressalta Gomes.

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink