Operação apreende 450 quilos de carne de cavalo
CI
Imagem: Inspetoria de Defesa Agropecuária de Pelotas
FISCALIZAÇÃO

Operação apreende 450 quilos de carne de cavalo

A operação foi motivada por denúncia e duas pessoas foram presas
Por: -Eliza Maliszewski

No fim da tarde desta terça-feira (7/) a fiscalização agropecuária do Rio Grande do Sul, juntamente com a Patrulha Ambiental de Pelotas, realizou ação em uma residência no município onde estava ocorrendo abate clandestino de equinos. Foram apreendidos 450 quilos de carne de cavalo, além de objetos e máquinas suspeitos de serem roubados. A operação foi motivada por denúncia e contou com a participação de dois fiscais estaduais agropecuários. Duas pessoas foram presas.

Recentemente, em outra operação, também no Rio Grande do Sul, mais precisamente em Caxias do Sul, foram apreendidos 526 quilos de carne mal acondicionada e ou sem procedência e 500 quilos de hambúrguer. Provenientes de abate clandestino, com animais debilitados vindos de carroceiros locais, a carne abastecia hamburguerias da região. No total, seis pessoas ligadas ao abatedouro e à venda da carne de cavalo foram presas preventivamente na operação.

O abate e consumo de carne de cavalo não são proibidos no Brasil. Devem seguir as normas sanitárias asseguradas pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF). No país apenas cinco estabelecimentos têm esse selo sendo três na Bahia (BA), um em Minas Gerais (MG) e um no Rio Grande do Sul (RS).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.