Sétima queda seguida das cotações do milho na B3
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
BOLSA DE MERCADORIAS

Sétima queda seguida das cotações do milho na B3

Em Chicago o milho aprofundou a queda por vendas técnicas, enquanto o dólar e clima evitaram perdas maiores
Por: -Leonardo Gottems

Foi identificada a sétima queda seguida das cotações do milho na B3, com perdas acima de R$ 6/saca no período, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “As cotações do milho no mercado futuro de São Paulo começaram a semana novamente em queda, pressionadas pela forte queda do dólar que, somada à queda das cotações em Chicago, continuam tirando a pressão da exportação, aliviando a posição dos compradores locais e chuvas no Brasil, que melhoram as perspectivas da safrinha”, comenta.

“Com isto, as cotações fecharam novamente em queda no dia e na semana: o vencimento julho/22 fechou a R$ 90,84, queda de R$ 1,24 no dia e de R$ 6,68 na semana nos últimos 5 pregões (semana); setembro/22 fechou a R$ 93,80 com queda de R$ 0,79 no dia e de R$ 6,72 na semana e novembro/22 fechou a R$ 96,06 com queda de R$ 0,42 no dia e de R$ 6,56 na semana”, completa.

Em Chicago o milho aprofundou a queda por vendas técnicas, enquanto o dólar e clima evitaram perdas maiores. “A cotação do milho para julho22, que passou a ser mês presente é período importante para a exportação brasileira, fechou em leve queda de 0,41% ou 3,25 cents/bushel a $ 783,0”, indica.

“Vendas técnicas, após elevar os valores ao máximo do último mês. Os retrocessos nos subprodutos aumentaram a fraqueza. A queda do dólar em relação às principais moedas mundiais sustentou as commodities, evitando novas quedas. O clima nos EUA é acompanhado de perto e uma atualização sobre o progresso da semeadura é aguardada. A última previsão (QPF) de 7 dias da NOAA mostra chuva para Iowa e Wisconsin para a semana com até 3” (76,2 mm) acumulados. O leste do Cinturão de Milho permanecerá mais seco com chuvas chegando a 1 1/4” (31,75 mm) e secagem líquida dos solos durante a semana”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.