Soja

Soja/Cepea: alta do dólar acelera negociações no BR

Forte alta do dólar nos últimos dias encorajou produtores brasileiros de soja a negociar novos lotes
Por:
328 acessos

A forte alta do dólar nos últimos dias encorajou produtores brasileiros de soja a negociar novos lotes, já que a moeda norte-americana mais forte reduz os custos de importação do produto brasileiro (em dólar) e aumenta o preço recebido pelo vendedor (em Reais), elevando a liquidez. A moeda norte-americana subiu 1,8% entre 20 e 27 de outubro, a R$ 3,2450 na sexta-feira, 27.

Segundo colaboradores do Cepea, o aumento das negociações foi observado com maior intensidade para a safra 2017/18, com entrega a partir de março do próximo ano. Quanto aos preços, o Indicador da soja ESALQ/BM&FBovespa Paranaguá registrou alta de 1,4% entre 20 e 27 de outubro, a R$ 72,86/saca de 60 kg na sexta-feira, 27. A média do Indicador CEPEA/ESALQ Paraná, por sua vez, subiu 1,8% no período, para R$ 67,82/sc no dia 27. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink