Tecnologia reduz até 40% nos custos de controle de praga
CI
Imagem: Divulgação
FORMIGAS CORTADEIRAS

Tecnologia reduz até 40% nos custos de controle de praga

Formigas cortadeiras são consideradas uma das principais pragas dos reflorestamentos no Brasil devido ao elevado número de colônias por área
Por: -Aline Merladete

Consideradas uma das principais pragas dos reflorestamentos no Brasil devido ao elevado número de colônias por área, as formigas cortadeiras Atta spp. (saúvas) e Acromyrmex spp. (quenquéns) - podem reduzir produção de madeira devido a sua grande voracidade e causar a mortalidade de plantas novas. Para cada 2,76 m2 de sauveiro por hectare ocorre uma perda de 1% do volume de madeira produzido.

Para solucionar o problema, a IMFlor, companhia especializada no monitoramento desse inseto, disponibiliza no mercado o ControlFor, sistema de gerenciamento do manejo integrado de formigas-cortadeiras. Usados por diversas empresas florestais, o robusto software tem como principal função a coleta de dados de forma rápida e eficaz, trazendo agilidade no combate à praga, com resultados precisos. 

O ControlFor Mobile pode ser acessado por meio de smartphones com sistema Android. Há ainda a possibilidade de sincronizar os dados coletados com o computador do usuário. 

“O uso do software elimina papéis e perdas de informação. Antes os dados eram coletados em planilhas de papel e digitadas, isso gerava erros devido à caligrafia dos monitores de campo, muitos deles com pouca vivência escolar e os próprios erros de digitador de dados”, afirmou o engenheiro agrônomo Marcelo de Almeida Reis, diretor da IMFlor. “A tecnologia veio para sanar o problema”.
 
Tecnologia no campo
São duas versões do software, uma para web e outra “on board”. Em ambas, os dados coletados são enviados ao gestor por meio de relatórios, o que permite consultas e definição de novas ações de controle com maior efetividade. 
O sistema Controlfor, gera relatórios em planilhas eletrônicas da densidade (número/ha) e o tamanho (área/ha) de formigueiros por espécie e por classe de tamanho em cada talhão monitorado; georreferenciamento dos ninhos; integração com Google Maps; gráficos; a determinação da necessidade do controle de borda em cada talhão; as indicações da necessidade ou não de controle, do mês de controle manual ou mecanizado, da distância entre para a operação de controle; a estimativa do consumo de isca formicida (kg/ha) em cada talhão; avaliação do controle e da efetividade. 

Estudos demonstram que o uso do programa resulta em significativa redução da aplicação de inseticidas, consequentemente, economia no custo do controle dessa praga em até 40%. Com o uso do ControlFor, houve uma redução de até 30% no volume de inseticida aplicado e de 35% na infestação das formigas. Gerando redução do impacto ambiental e nos trabalhadores. Vale ressaltar que empresas florestais, que são certificadas pelo FSC (Conselho de Manejo Florestal), necessitam realizar o monitoramento de formigas cortadeiras.

informações assessoria de imprensa.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.