Possibilidade de nova doença da soja é descartada no MT
CI
Imagem: Marcel Oliveira
SUSPEITA

Possibilidade de nova doença da soja é descartada no MT

Amostras de vagens e grãos foram analisadas no laboratório de sanidade vegetal do Instituto em fevereiro
Por: -Aline Merladete

Produtores rurais da região Médio Norte de Mato Grosso, especialmente dos municípios de Sorriso e Ipiranga do Norte, suspeitaram durante esta safra de soja de uma nova doença nas lavouras. A suposta doença ocasionava a abertura das vagens e apodrecimento dos grãos.

De acordo com as informações divulgadas pelo Governo do Estado do Mato Grosso, os fiscais engenheiros agrônomos do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea MT) foram a campo em fevereiro para verificar as informações e fazer análises comprobatórias. Nas amostras analisadas no laboratório de sanidade vegetal do Instituto, não foram encontrados resultados que indiquem que a anomalia seja ocasionada por fatores bióticos, ou seja, organismos vivos.  

Foram detectados os fungos Colletotrichum truncatum, Phomopsis sojae, Fusarium semitectum nas vagens e nos grãos, além destes, o fungo Rhizoctonia solani. Porém, os microrganismos identificados tratam-se de patógenos endêmicos, ou seja, doenças comuns no cultivo das lavouras de soja no Estado como causadores das doenças de final de ciclo, não sendo provavelmente a causa principal da anomalia constatada pelos produtores. 

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink